Após ‘A Fazenda’, Felipe Folgosi quer atuar no cinema e comandar programa de TV

Após sair de 'A Fazenda', Felipe Folgosi revela que não se arrepende de participar do reality show. 'Sei que vão pintar muitos trabalhos em decorrência do programa', declarou

Neto Lucon Publicado sábado 1 setembro, 2012

Após sair de 'A Fazenda', Felipe Folgosi revela que não se arrepende de participar do reality show. 'Sei que vão pintar muitos trabalhos em decorrência do programa', declarou
Na Birdland, ele posa com araras azuis. - João Rapposo

Felipe Folgosi (38) está com inúmeros projetos desde que saiu do reality show A Fazenda 5, da TV Record, na última quarta-feira (29). De acordo com o ator, em entrevista à CARAS Online, ele deve dar uma pausa na carreira nas próximas semanas para descansar, mas quer retomar os trabalhos de ator e apresentador ainda neste ano. “Quero continuar com os trabalhos que já vinha desenvolvendo antes. Mas o meu maior sonho atualmente é fazer cinema no Brasil. Já fiz uma participação no filme chamado O Príncipe, mas gostaria de participar mais ativamente”, declarou o artista.

Segundo colocado do reality show, ele afirma que sua participação no programa deve abrir novas portas e almeja aproveitar o momento positivo para o cinema brasileiro. “Sei que vão pintar muitos trabalhos em decorrência de A Fazenda e ao mesmo tempo vivemos um momento muito bom para o cinema do Brasil. Desde a década de 90, estamos em crescendo cada vez mais, com novas produções, recorde de bilheteria no Brasil, vamos ao Oscar... Estou feliz por estar vivendo esse momento e espero aproveitar mais”.

Empolgado, Felipe também deve investir em projeto pessoal para comandar um programa de televisão.  “Tenho projetos bem bacanas para teatro e também para uma TV a cabo, que em breve devo dar andamento. É para comandar um programa, cuja temática ainda não posso divulgar, mas que irá retomar o meu lado apresentador”, adiantou o artista que, em 2011, apresentou o programa Acredite Se Quiser, da Band.

Em sua carreira de ator, Felipe atuou nas novelas globais Olho por Olho (1993), Explode Coração (1995) e Corpo Dourado (1998) e também em produções da Rede Record, como Caminhos do Coração (2007-2008-2009) e Prova de Amor (2006). 

Medo de prejudicar a carreira

Apesar de não se arrepender de ter participado de A Fazenda, o artista admite que rejeitou os convites da produção durante quatro edições e diz que inicialmente pensou que sua carreira pudesse ser prejudicada pelo reality show. “Foi um processo lento até eu aceitar. Eu tinha receito, pensava que não teria nada a fazer, já que tenho um trabalho aqui fora”, declarou. “Mas não me arrependo de ter participado. É um programa que mostra um monte de situações bacanas, além das brigas e discussões. Mostra o trabalho rural, te ensina a superar os medos e te move a ter contato com os animais”.

O ator afirma que, muito além do prêmio, um reality show tem o potencial imenso de aproximar o artista do público. “Ele traz uma identificação do telespectador que uma novela não traz. Eu agi como sou na minha vida, soube conviver bem com as pessoas. Sabia que o programa o potêncial de se transformar em só barraco, o lado pior do ser humano, mas optei por não participar desses momentos justamente por conta da minha carreira. Eu tenho uma carreira antes de A Fazenda e não quis jogar fora. Neste sentido, não me arrependo, fico orgulhoso”.

Sobre a vitória de Viviane Araújo (37), ele diz que pensou que tivesse chances de vencer, mas admite que a torcida da modelo foi maior. “Claro que pensei que pudesse ganhar. Voltei de muitas roças, ganhei várias provas, fui eleito o melhor peão pelos próprios participantes. Então, isso dava a ideia de que eu tinha uma possibilidade grande. Mas a Vivi estava com uma aceitação muito grande aqui fora. O público escolheu ela e fico feliz por ela. Ela mostrou um lado humano que as pessoas se identificaram e gostaram”. 

Último acesso: 05 Aug 2020 - 05:31:25 (213474).