Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Após 3 dias no hospital, Preta Gil faz show e comemora seus 38 anos no palco

Depois de ficar três dias internada com uma faringite, Preta Gil subiu ao palco nesta quarta-feira, 8, em uma casa de shows do Rio de Janeiro. Com uma plateia cheia de amigos e familiares, a cantora também comemorou seu aniversário de 38 anos

Redação Publicado em 09/08/2012, às 02h39 - Atualizado às 03h37

Preta Gil comemora aniversário com show no Rio - Alex Palarea e André Muzell / AgNews - Thyago Andrade / Photo Rio News
Preta Gil comemora aniversário com show no Rio - Alex Palarea e André Muzell / AgNews - Thyago Andrade / Photo Rio News

"Hoje foi um dia bastante difícil, porque não estou bem, estou doente, com faringite, sinusite. Saí do casamento do Marcelo Serrado (45) e fui direto para o hospital, fiquei lá três dias me recuperando dessa infecção respiratória muito forte. Deus quis que eu fizesse esse show, lançasse esse disco. O que mais importa é que consegui cantar as musicas, nervosa, porque é um novo disco, só amigos na plateia, pessoas importantes que marcaram esses dez anos de carreira, minha família. Estou muito sensível, parece que estou fazendo 18 anos. Já virou tradição passar meu aniversario trabalhando e gosto disso. Não é coincidência, se não tenho trabalho, arrumo", contou Preta Gil (38) durante seu show nesta quarta-feira, 8, no Rio.

A cantora também falou das conquistas e da maturidade alcançada com muito trabalho. “Tudo o que conquistei hoje me dá muita segurança e felicidade de ser quem eu sou, não tenho mais questionamentos, buscas, sou isso, essa mulher, mãe de família, tenho orgulho do meu filho, dou meu melhor para o meu marido, meus fãs, meus amigos, batalho que nem uma louca. Quero ser respeitada, admirada, sem precisar entrar em padrões estéticos, venci essa luta que comecei há dez anos, demonstra uma maturidade. Fazer 38 anos é o que menos pesa, adoro amadurecer, ficar mais velha. Vai chegar uma hora que vou parar de gostar, mas por enquanto, ainda está bom, estou cada vez melhor".

Sobre a participação do filho em seu novo trabalho, Preta disse que o dinheiro da música Mulher Carioca, composta por Francisco (17), já está na conta dele. “Espero que ele guarde porque o Francisco é muito bom com dinheiro. Falo para ele investir em instrumentos também, está montando um estúdio em casa, vai fazer o disco dele se ele passar de ano. Hoje foi uma grande emoção cantar com o meu filho, a Ana Carolina, meus irmãos na plateia. É um momento muito simbólico, quando comecei ele tinha sete anos e viu a mãe dele lutar, passar por cima de tudo e resgatar a vida, porque foi um resgate de mim mesma para tentar ser feliz nessa vida. Ele sabe que tem que ter disciplina, não adianta ele ser meu filho, como não adiantou eu ser filha do meu pai", declarou.

A Preta também comentou a participação de Ana Carolina (37) no show e em sua carreira. “É uma das maiores cantoras do Brasil e saiu de casa para vir me ver. 'Batom' é uma musica linda que está nesse disco. Ela sempre acerta nas canções para mim, também fez 'Sinais de Fogo', meu chaveirinho da sorte. Com as músicas dela nunca vou morrer de fome".