Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Apesar de considerarem tempo na carreira, Foo Fighters negam separação

Foo Fighters vai dar um tempo na carreira, mas afirmam que o fim da banda nunca foi uma opção. Dave Grohl justificou: "Às vezes é bom simplesmente... voltar para a garagem"

Redação Publicado em 03/10/2012, às 03h34 - Atualizado às 04h14

Foo Fighters - Getty Images
Foo Fighters - Getty Images

O grupo Foo Fighters rebateu os rumores de separação, insistindo que estão apenas dando um tempo na música e que jamais desistiriam da banda, porque eles trabalharam duro para fazer dela um sucesso. O vocalista Dave Grohl (43) declarou: "Teve momentos que eu achei que a banda não sobreviveria e que quis desistir. Mas... eu não abriria mão disso. Nunca vou desistir. Não é só uma banda para mim, é a minha família, o meu mundo"

Os fãs entraram em pânico no último sábado, 29, quando Dave disse para a multidão de 60 mil pessoas no Global Citizen Festival em Nova York: "É isso aí, cara. Não temos mais nenhum show agora". Mais tarde, Dave esclareceu: "Não tenho certeza de quando o Foo Fighters volta a tocar. É estranho dizer isso, mas será bom para todos nós ficar distantes por um tempo. Às vezes é bom simplesmente... voltar para a garagem".

Os roqueiros estão certos de que voltarão a gravar no futuro, mas o hiato nas turnês será em busca de uma reconexão com a criatividade e para revisar tudo o que conquistaram até aqui.