Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Família Jolie-Pitt educa os filhos longe das escolas

Em entrevista ao 'Fantástico', Brad Pitt revela que bloqueia assuntos na internet para os filhos, tem vontade de vir ao Brasil e os filhos não frequentam a escola

Redação Publicado em 01/01/2012, às 22h03 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Angelina Jolie, Brad Pitt e os filhos - Getty Images
Angelina Jolie, Brad Pitt e os filhos - Getty Images

Cada hora em um país ou cidade diferentes e muitas viagens a trabalho, o casal Angelina Jolie (36) e Brad Pitt (48) tomou a decisão de não matricular os filhos em uma escola. Pais de seis crianças – Maddox (10), Pax (8), Zahara (6), Shiloh (5) e os gêmeos Knox e Vivienne (3) -, os dois fazem os herdeiros estudarem dentro de casa. “A gente fazia parte de um programa em que, em qualquer parte do mundo, eles tinham acesso a professores dos Estados Unidos. Então dava para acompanhar como uma escola normal. Mas agora mudou. Eles são educados dentro de casa mesmo, em um esquema voltado para as necessidades individuais de cada um. Tenho orgulho da minha família nômade. E me orgulho das diferentes culturas, dos diferentes países que influenciam meus filhos. Eu me sinto um cara de sorte por eles poderem fazer isso”, disse Brad em entrevista ao Fantástico, da Globo.

Ainda na conversa sobre as crianças, Pitt revelou que eles não irão procurar pelos nomes dos pais na internet por um simples motivo. “Isso não vai rolar, está bloqueado”, contou ele, que afirmou bloquear certos temas no computador dos filhos, mas que eles navegam na internet.

Apesar dos boatos de que esteve no Brasil no ano de 2009 fazendo pesquisas para um filme, o artista revela que não passou por aqui. “Ainda não”, afirmou. Porém, tem planos de aterrissar no país, e com toda a família. “No momento, nenhum plano. Mas o Brasil está no topo da lista. E também para passear. O Brasil é um dos poucos lugares do mundo aonde ainda não levamos nossa família. A gente espera ir para lá muito em breve”, revelou.