Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Diretor baiano Aly Muritiba é premiado em Sundance

O diretor e roteirista brasileiro Aly Muritiba foi premiado no Festival de Cinema de Sundance com o filme ‘O Homem que Matou Minha Amada Morta’

Redação Publicado em 23/01/2013, às 14h52 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Aly Muritiba - Reprodução/ Facebook
Aly Muritiba - Reprodução/ Facebook

Aly Muritiba (33) recebeu um prêmio no Festival de Cinema de Sundance na noite de terça-feira, 22. O diretor e roteirista baiano foi premiado com o projeto do longa-metragem O Homem que Matou Minha Amada Morta.

O prêmio Global Filmmaking, oferecido pelo Instituto Sundance em parceria com o Grupo Mahinda, entregue em Utah, nos Estados Unidos, prestigiou ainda outros três projetos de cineastas independentes pelo mundo.

O trabalho de Muritiba está em destaque desde que o curta-metragem A Fábrica foi pré-indicado ao Oscar 2013.

O prêmio que ele recebeu no Festival de Sundance, no valor de 10 mil dólares, é para investir no aprimoramento do projeto apresentado, além de ter ganho participação em workshops sobre filmes e um ano de orientação dos professores de Sundance.

O Homem que Matou Minha Amada Morta conta a história de um viúvo que sofre com a morte da mulher até encontrar um vídeo que mudará sua vida.