Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Agressora de DiCaprio é condenada

Canadense acusada de agredir o ator Leonardo DiCaprio em 2005, é condenada a manter 457 metros de distância do astro. Após julgamento, que ocorrerá no dia 11, Aretha Wilson poderá pegar até quatro anos de prisão

Redação Publicado em 05/08/2010, às 15h43 - Atualizado às 15h47

Leonardo DiCaprio na première do filme 'Inception' - Getty Images / Alberto E. Rodriguez
Leonardo DiCaprio na première do filme 'Inception' - Getty Images / Alberto E. Rodriguez
A canadense acusada de agredir o astro Leonardo DiCaprio com uma garrafa em 2005, Aretha Wilson, acaba de ser proibida pela Justiça dos Estados Unidos a se aproximar do ator. Ela deverá manter 457 metros de distância dele e das duas testemunhas que presenciaram o ocorrido. Segundo a imprensa internacional, o valor da fiança da ré, que neste momento se encontra presa, aumentou para 150 mil dólares. Em junho de 2005, DiCaprio estava numa festa privada em Hollywood e foi atingido por uma garrafa de cerveja. O protagonista de A Origem precisou levar cerca de 17 pontos na cabeça e no pescoço. Após o incidente, a agressora fugiu para o Canadá, onde permaneceu durante todos estes anos até ser presa, em janeiro, e extraditada há uma semana para os EUA. O tribunal decidiu então aumentar o valor da fiança para evitar uma nova fuga. Um novo julgamento será realizado no próximo dia 11, cuja sentença poderá condená-la a até quatro anos de prisão.