Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Adriano Garib: ‘Acho que o Russo vai morrer’

Em participação no programa ‘Mais Você’, de Ana Maria Braga, ator Adriano Garib comentou sobre a novela e falou de seus trabalhos anteriores

Redação Publicado em 05/03/2013, às 09h53 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Adriano Garib - TV Globo/Divulgação
Adriano Garib - TV Globo/Divulgação

Adriano Garib (48), que vem ganhando destaque na novela Salve Jorge ao interpretar o vilão Russo, declarou acreditar que seu personagem na trama global deve ter um final trágico, devido ao seu comportamento e ao seu péssimo caráter. “Eu acho que ele vai morrer, ele vai ser punido de alguma forma por causa desse jeitão dele. O Russo deve morrer em uma troca de tiros com a polícia, algo assim. Já a Lívia e a Wanda devem ser presas”, disse em bate-papo com Ana Maria Braga (63), na manhã desta terça-feira, 5, no Mais Você, onde ganhou da apresentadora um filhotinho de gato da raça persa.

“Eu já tive muitos cachorros, mas hoje estou na fase gato”, disse o ator, que tem dois gatos em casa - o Borges e o Kafka.

Ao falar do ambiente que cerca os bastidores da novela, Adriano rasgou elogios aos companheiros de trabalho. “Sempre um ambiente muito agradável. Muito fácil trabalhar com um elenco desse, só tem craque. Penso como conseguem juntar cem pessoas desse nível, todos são craques”, disse. Durante programa, ele também recebeu homenagens das atrizes Totia Meireles (54) e Paloma Bernardi (27), com quem contracena na trama.

Antes de receber esse grande papel em Salve Jorge, Garib integrou o elenco de projetos como Você Decide, A Casa das Sete Mulheres, Malhação, Duas Caras, Pé na Jaca, Caminho das Índias, Passione, entre outras atrações, além de ter tido a oportunidade de atuar em um dos maiores filmes nacionais, o que pode ter mudado o rumo de sua carreira.

“Em minha profissão, sempre investi mais em minha atividade pedagógica e teatral do que na atividade como ator. O teatro sempre me acolheu muito bem, mas também nunca deixei de participar das novelas, quando consegui concilia-las com minhas outras atividades. Nunca haviam me chamado para um papel grande como esse, pois sempre viam que eu estava muito ocupado. E depois de Tropa de Elite 2, decidi que iria investir mais em televisão e cinema, cheguei em uma idade boa para investir na televisão, com uma boa formação”, explicou.

“A carreira de ator exige paciência, não podemos abaixar a cabeça nunca. Somos artistas, independente de estar ou não fazendo sucesso, sempre seguimos fazendo nossas coisas e as fazemos com muita paixão. E sem duvida, ter esse reconhecimento amplo é muito importante“, acrescentou.

Já quando questionado sobre sua vida amorosa, Adriano Garib mostrou estar otimista e empolgado diante de sua relação com Analine Barros. “Estamos juntos há seis anos, entre idas e vindas. E esperamos que dessa vez seja realmente para valer”, revelou.