Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Adriane Galisteu faz sua estreia no esqui em Courchevel, na França

A apresentadora Adriane Galisteu, acompanhada pelo marido Alexandre Iódice, faz sua estreia no esqui na sofisticada Courchevel, na França

Redação Publicado em 15/05/2013, às 12h27 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Em clima de festa com os 40 anos e a estreia de atração sobre histórias de amor reais no canal pago Investigação Discovery, a estrela esbanja charme no début em estação de esqui. - La Sivolière
Em clima de festa com os 40 anos e a estreia de atração sobre histórias de amor reais no canal pago Investigação Discovery, a estrela esbanja charme no début em estação de esqui. - La Sivolière

Sua pele está sempre bronzeada, o cabelo tem reflexos dourados do sol e sua invejável coleção de biquínis ultrapassa 500 peças. “Rata de praia” assumida,Adriane Galisteu nunca hesitou em escolher a vista do mar como destino para férias ou rápidas folgas, mas decidiu abrir uma exceção para agradar o marido, o empresário de moda Alexandre Iódice. “O Alê ama esquiar, viaja todos os anos para estações de esqui, mas todo mundo sabe que eu sou do sol, da praia, do calor. Ele insistiu tanto que decidi dar uma chance. Recebemos o convite da Silvana, uma amiga muito querida, e aí não pensei mais. Foi minha estreia no esqui e fiquei completamente apaixonada. Quero voltar todos os anos”, conta Dri, citando a empresária Silvana Bertolucci, sócia de uma agência de viagens especializada em roteiros de luxo.

Adriane Galisteu revela desejo de engravidar novamente

Em clima de celebração — ela fez aniversário dia 18 de abril e estreia dia 24 deste mês, às 22h, o programa Paixões Perigosas, no canal Investigação Discovery, ID —, o casal embarcou para Courchevel, charmosa e badalada estação de esqui francesa, com um grupo especialíssimo: Alicinha Cavalcanti e seu Rodrigo Biondi,Álvaro Garnero e a amada, Cristiana Arcangeli,Silvana e o filho, Lucca Bertolucci. Hospedados no La Sivolière, resort com acesso privilegiado às montanhas e paisagens deslumbrantes, os amigos desfrutaram de uma temporada de muita aventura e risos. A apresentadora da Band só não consegue dizer o que foi mais difícil: arriscar manobras na neve ou driblar a saudade do filho, Vittorio, que ficou no Brasil com a avó materna, d. Emma Galisteu.

Adriane Galisteu e a 'crise' dos 40 anos: 'Não é tão gostoso assim'

– Courchevel a surpreendeu?

– O lugar é lindo de morrer, o hotel é incrível. Fora das pistas, a vida social é inacreditável, as pessoas são lindas, os restaurantes, espetaculares. Perfeito. Minha estreia no esqui foi em grande estilo, fiquei mal acostumada. Tive um professor particular que fi cou comigo full time. Alê e o grupo, que já dominam o esporte, iam para um lado e eu ia para o outro mais tranquilo, mas nos encontrávamos no café, almoço e no jantar.

– Como suportou o frio?

– Ah, o frio era uma coisa insuportável! (risos) A gente pegou -20oC e ninguém tem roupa que aguente isso, não é? Levei uma mala cheia que, praticamente, nem abri. Entendi rapidinho que a roupa adequada faz toda a diferença, comprei um bota de neve para usar na rua e fiquei com roupa de esqui de manhã, de tarde e de noite. Ah, tem ainda aquelas luvas térmicas que deixam a mão quentinha... Frio eu não passei, mas meu closet aumentou um bocado. (risos)

– Fala a verdade, você levou muitos tombos?

– (risos) Tomei um tombinho, mas não foi um tombão cinematográfico. Só deu uma geladinha no bumbum. (risos)

– Desafios regem a sua vida...

– É um traço da minha personalidade. Achei que era algo de época ou idade, que, com a maturidade ou a maternidade, mudaria, mas não mudou. Também não faço esforço para mudar, gosto do jeito que sou. A melhor saída para gostar dos outros é gostar de si. E eu me gosto. Tenho isso de encarar desafios,  enfrentar as dificuldades de frente, esgotar possibilidades.

– Você é contratada da Band, mas não está no ar...

– Estou no meio de um trabalho, o Quem Quer Casar Com Meu Filho?. Gravei sete capítulos e faltam outros sete. Mudanças na estreia ou grade têm a ver com a filosofia de cada emissora, mas eles sabem o que fazem. Como funcionária, tenho de dançar conforme a música, agora o que tem para mim é este reality show de comportamento, bem divertido e que deve estrear em agosto. No próximo dia 24, lanço o Paixões Perigosas, no canal Investigação Discovery, ID, também bem bacana. Amo o que faço e não escolho, trabalho. Quanto maior o desafio, mais gosto. Isso vale para os trabalhos na TV e para os produtos que levam a minha assinatura, como os meus perfumes, bolsas e pó descolorante.