Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Galisteu sobre filho: 'cada dia eu amo mais'

Adriane Galisteu demonstra o amor incondicional pelo seu 1º herdeiro, o Vittorio. A apresentadora revela detalhes de seu pequeno, que tem pouco mais de 1 mês de vida. 'Ele está começando a sorrir e a interagir'

<i>por Fernanda Guarda Ribeiro</i> <br> <br> Publicado em 24/09/2010, às 17h10 - Atualizado em 04/10/2010, às 10h37

Emocionados, Adriane Galisteu e Alexandre Iódice saem do Hospital Albert Einstein com o primeiro filho, Vittorio, nascido dia 4 de agosto. - FOTOS: AGNEWS
Emocionados, Adriane Galisteu e Alexandre Iódice saem do Hospital Albert Einstein com o primeiro filho, Vittorio, nascido dia 4 de agosto. - FOTOS: AGNEWS
Um filho muda totalmente a vida dos pais, principalmente das mamães não é mesmo? Com a apresentadora Adriane Galisteu não está sendo diferente. Ela que aos 37 anos teve Vittorio, seu primeiro herdeiro, confessou que tem se dedicado ao seu pequeno "em tempo integral" e que não consegue "descrever a vida sem o filho." O Portal CARAS conversou com a apresentadora para saber como está a vida com Vittorio e o que mais tem lhe surpreendido nesta nova experiência. Dri contou que está sempre juntinho de seu pequeno, que para ela é o "Alêzinho", se referindo à semelhança do bebê com o pai, o empresário da moda Alexandre Iódice, e quando tem que sair para compromissos que ele não pode estar junto, sofre. "Não dá vontade de sair de casa!", exclamou. A loira disse também que a cada dia se surpreende do quanto Vittorio é importante para ela. "Quando eu acho que não dá para amá-lo mais, vejo que ao passar dos dias eu amo mais um pouco!" Com 1 mês e 2 semanas de vida, Vittorio revela novos detalhes à mamãe, que assume "babar todos os dias no filho" ao descobrir algo novo em seu bebê. "A cada dia reconheço diferenças nele, ele está começando a sorrir, a interagir." As noites de Galisteu e Alexandre são bem tranquilas, já que Vittorio é um bebê "calminho". A única coisa é que ele é disciplinado na hora de se alimentar. "Tenho um alarme que dispara de três em três horas, que é o intervalo de tempo que ele tem fome." A vida de Adriane ainda está entre um spa, localizado em Itatiba, interior de São Paulo, onde ela passou a maior parte do tempo da gestação, e na capital, e ela afirma que ficar reclusa no interior é bom para ela e para o bebê também. "Quando tenho tempo livre gosto de ir ao spa, o Vittorio também vai, claro, e fica tomando sol. Lá o ar é mais puro, não é tão seco quanto de São Paulo, é isso é bom para ele." Claro que com Dri teve que abrir mao de algumas coisas após se tornar mãe, mas, ela afirmou que está sendo uma experiência única e que "ser mãe significa muito mais do que ela sonhava." Questionada se há arrependimento de ela não ter tido um filho mais cedo, Adriane garante que não, pois a vontade de ser mãe, foi despertada quando ela começou a se relacionar com o Alexandre. "Não me arrependo de não ter tido filho antes não, pois eu não tinha o Alê ainda. Já conhecia ele, mas, não estávamos juntos. Acredito que tudo acontece na hora certa."