A EXALTAÇÃO DE HEBE CAMARGO EM GALA NO PORTO

No dia 15 de março, a cave da Real Companhia Velha, em Vila Nova de Gaia, recebeu Hebe Camargo, sua família e sua corte em festa de gala desde já marcada nos corações de quem lá esteve
No dia 15 de março, a cave da Real Companhia Velha, em Vila Nova de Gaia, recebeu Hebe Camargo, sua família e sua corte em festa de gala desde já marcada nos corações de quem lá esteve Victor Freitas / CARAS Portugal


15|MUSA NO BRASIL E EM PORTUGAL, ESTRELA É ACLAMADA EM SOIRÉE POR SEUS MUITO BEM VIVIDOS 79 ANOS

por Alberto Santiago É impossível conviver com Hebe Camargo sem se apaixonar. A frase, de Pedro Silva Reis, presidente da Real Companhia Velha e anfitrião do jantar que marcou - sete dias após a data, dia 8 de março - os 79 anos da rainha da TV brasileira, ilustra o que levou 74 amigos da apresentadora do SBT a viajarem até o Porto, norte de Portugal, para festejá-la. Na sede da Companhia fundada em 1756 pelo Marquês de Pombal (1699-1782) e sinônimo de vinho do Porto, estes vips e convidados lusos reuniram- se em uma noite tão elegante quanto descontraída que teve, como tudo o que envolve Hebe, a emoção como tom. "Não consigo descrever o que sinto", disse ela, envolta em renda azul-marinho e portando brilhantes espetaculares. "Só sei que, sempre que fechar os olhos, vou me lembrar do rosto de cada um que veio até aqui por mim", continuou ela para, em seguida, imprimir sua peculiar nota de humor. "Acho que até o nome da empresa é em minha homenagem: Real Companhia Velha." Entre as que aplaudiram de pé, uma outra estrela da TV: Eliana (34), com a mãe, a elegante d. Eva Michaelichen (66). "Hebe merece isso e mais. É uma grande amiga e encanta pela história, pela vitalidade... E viajar com ela é garantia de alto-astral", declarou Eliana, que acelerou batimentos desfilando sinuoso longonegro by Roberto Cavalli (67). Além de Eliana, engalanaram- se o filho de Hebe, Marcelo Camargo (42), os arquitetos Bya Barros (46) - de John Galliano (47) - e João Armentano (48), com Cris Armentano (44), o presidente da Federação do Comércio do Estado de SP, Abram Szajman (68), com Cecilia Szajman (57), que usava algumas das mais belas jóias da noite, Cynthia (46) e Pedro Albuquerque (46) e o fotógrafo Chico Audi (44), com Tania Mathias (31), uma das poucas a ousar cores com lindo longo xadrez criado por ela mesma. "Hebe é uma paixão e um DNA a ser estudado", decretou Audi. Para recebêlos, músicos e dançarinos típicos que mais tarde se apresentariam na festa perfilaram-se ao pé da escada de acesso ao salão. A viagem de três dias, que incluiu balada no exclusivo clube Twins, jantar no Baltazar e almoço no São Gião, do chef Pedro Nunes (46), teve como mentor o sobrinho e empresário de Hebe, o incansável Claudio Pessutti (48), em impecável costume by Camargo (30) e auxiliado pelo mais paulistano dos portugueses, Carlos Bettencourt (48), dono dos restaurantes Trindade e A Bela Sintra, este um dos favoritos de Hebe. "Em 2007 Pedro Nunes foi à Ilha de CARAS fazer um almoço a quatro mãos comigo e, de lá, foi a SP pilotar um festival gastronômico no A Bela Sintra. Nessa época, Hebe repetia que Portugal não a amava o tanto quanto ela amava o país. Pois convidei- a a fazer matéria com Pedro para o seu programa e quis trazê-la, em parceria com a Companhia, ao Porto, o que fizemos meses depois", relembrou Bettencourt. Na primeira viagem, nova idéia: voltar à cidade para festejar os seus 79 anos. Para organizar tudo, outro darling de Hebe, Cesar Bekerman (38), da Bekerman Comunicação."Ser amigo da rainha do Brasil é um presente de Deus", disse Cesinha. Harmonizado com vinhos da Companhia, a ementa foi uma atração à parte: o foie-gras com frutos silvestres e as amêijoas à Bulhão Pato foram servidos à francesa entre velas e rosas brancas. Já o prato principal, um magnífico bufê frio com destaque para os frutos do mar, os queijos e a doçaria conventual - leia-se, os doces à base de gemas - foram servidos em sala anexa. Entre estes ambientes, mais surpresas para Hebe: a apresentação de um grupo de dança moderna, a oferta da peça de prata e por d. Rosa Maria Silva Reis, a mãe de Pedro e de Manuel Silva Reis, e, junto com o estourar de um champanhe Lanson magnum, chuva de papel picado. Para quem já vinha embargada, foi a deixa: a soberana foi às lágrimas.

Mais Notícias

quarta 26 março, 2008
quarta 26 março, 2008
quarta 26 março, 2008
Atualizado quarta 26 março, 2008 (112358) | 20/03/2019 16:57:08

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. Ju Ferraz e o amor pela gastronomia no Bate Bola na Cozinha
  2. O Aprendiz estreia na Band com disputa de influenciadores
  3. Claude revela seu toque especial no Bate Bola na Cozinha
  4. Olivier Da Costa exibe ligação amorosa com receita no Bate B

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Jojo Todynho compartilha sequência de treinos e desabafa
  2. 2 Madrinha do filho da Sandy não consegue ingresso da turnê
  3. 3 Apresentadora global abandona as redes sociais e reflete
  4. 4 Meghan Markle teria gasto R$ 2,3 milhões em roupas
  5. 5 Anitta surpreende fãs e anuncia novo álbum em três línguas
  6. 6 Bruno Montaleone se derrete por Sasha ao registrar foto dela
  7. 7 Neymar Jr relembra emoção na conquista do Ouro Olímpico
  8. 8 Bela Gil revela que fez uma vitamina com a placenta da filha
  9. 9 Mari Palma tem festa de aniversário temática luxuosa
  10. 10 Graciele Lacerda surge sem aliança e fãs falam de separação