Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Moda: Ready to Wear Fall 2010: Lanvin

Tribalismo urbano e único.

por Bia Paes de Barros Publicado em 19/07/2010, às 13h47 - Atualizado às 13h47

Peles, bordados e tecidos stretch para modelagens assimétricas e ultrassensuais. - MARCIO MADEIRA
Peles, bordados e tecidos stretch para modelagens assimétricas e ultrassensuais. - MARCIO MADEIRA
Se existem diferentes maneiras de representar o poder feminino, Alber Elbaz sabe bem todas elas. Para o estilista, a expressão "powerfull women" vai muito além daquela sensualidade que destaca a silhueta ou traz elementos fetichistas. Uma personalidade complexa para se resumir a estes elementos tão convencionais. Sabendo disto, ele foi buscar inspiração nas tribos africanas e na arquitetura urbana para desenvolver peças que misturam modernidade e tradição. Afinal, se analisarmos o comportamento feminino ao escolher o que vestir, certamente esbarraremos em características um tanto quanto contraditórias como estas. Pelo visto, na cabeça inquieta do estilista os opostos se atraem. Trabalhando a alfaiataria clássica em tecidos stretch, ele consegue sair um pouco dos drapes da última coleção e focar toda a sua expertise na construção das peças. Tudo gira em torno de pernas à mostra. Seja nos casacos com modelagens que marcam a cintura e evidenciam os quadris, seja nas saias com improváveis assimetrias. Sem falar nos vestidos, que são curtos, longos e únicos quando o assunto é sensualidade. Suas assimetrias continuam e não se restringem aos decotes. Elas descem para as saias, formando uma espécie de leque. O inverno da Lanvin também traz ombros estruturados que, neste caso, passam longe dos tradicionais modelos com recortes pontiagudos. Formas arredondadas e sem costura revelam toda a habilidade deste incrível estilista. E, se os shapes são marcantes, as cores são intensas. Não pelo brilho, mas pela força que os tons escuros - em especial o preto - representam. Na falta de cores vibrantes, bordados, peles e rendas se encarregam do glamour inerente à marca. Para os acessórios, colares imponentes e sapatos altíssimos são companheiros ideais desta mulher poderosérrima. Se depender de Alber Elbaz, tradição e modernidade seguirão juntas, representando forçae satisfazendo todos os desejos. Viva!