Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

A arte de Luciana Mizutani

Habilidade para equilibrar carreira e paixão

Redação Publicado em 14/12/2009, às 15h52 - Atualizado às 16h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Na Ilha de CARAS, a atriz mostra a flexibilidade obtida com a prática do kung fu e da ginástica olímpica. - SHEILA GUIMARÃES
Na Ilha de CARAS, a atriz mostra a flexibilidade obtida com a prática do kung fu e da ginástica olímpica. - SHEILA GUIMARÃES
O significado de kung fu - termo chinês que pode ser traduzido por trabalho duro - foi incorporado à vida de Luciana Mizutani (27). Praticante da milenar arte marcial há nove anos, a atriz de ascendência japonesa, formada em Artes Cênicas pela Unicamp, estreou na TV como a lutadora Suyan de Negócio da China, que acabou em março. Durante a gravação, ela se mudou por cerca de oito meses da cidade de Americana, SP, para o Rio. E aguentou firme a saudade que sentia do noivo, o ator Dirceu de Carvalho (30), com quem se relaciona há quatro anos e planeja se casar no primeiro semestre de 2010. "É muito ruim deixar o amor e toda a família para trás. Senti muito. Mas é a minha carreira e a gente precisa dançar conforme a música. Dirceu viajou bastante para o Rio, morou na rodoviária", brincou Luciana, na Ilha de CARAS, ao lado de Rafael (7), filho do noivo. Mas em seu próximo trabalho, Luciana não vai sofrer por causa da distância. O casal vai participar junto do espetáculo Alma Flex, criação coletiva de grupos teatrais de Americana, que estreia em março. "Sempre que conseguimos, trabalhamos juntos. Essa vida de artista é difícil. Os nossos cronogramas não são muito compatíveis e precisamos conciliar", lamentou. "Sou uma romântica incorrigível", confessou ela. Exigente consigo, Luciana se esforça para manter uma disciplina de exercícios. Além do kung fu, a atriz, de 50 kg em 1m54, pratica ginástica olímpica três vezes por semana. "O corpo é o instrumento de trabalho do ator", justificou.