Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Fábio Assunção em novo foco: Dalva e Herivelto

No lançamento da trama, ele retoma a carreira um ano após se afastar para cuidar da saúde

Redação Publicado em 14/12/2009, às 14h40 - Atualizado em 15/12/2009, às 15h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fábio posa na festa da minissérie, que estreia em 4 de janeiro. - CAROL FEICHAS/4COM FOTO GRAFIA E GEORGE MAGARAIA/IMAGENS MAGASAC
Fábio posa na festa da minissérie, que estreia em 4 de janeiro. - CAROL FEICHAS/4COM FOTO GRAFIA E GEORGE MAGARAIA/IMAGENS MAGASAC
Um ano após deixar a novela Negócio da China para iniciar um tratamento contra a dependência química, o ator Fábio Assunção (38) está de volta à televisão. Ele é um dos protagonistas da minissérie Dalva e Herivelto, Uma Canção de Amor, que estreia em 4 de janeiro. A trama mostra a trajetória dos cantores Herivelto Martins (1912-1992) e Dalva de Oliveira (1917-1972), ícones do samba-canção e da época de ouro do rádio, que viveram uma das mais conturbadas separações do meio artístico brasileiro. "Trabalho há 20 anos nessa área, sempre preservei o meu lado pessoal, apesar dos últimos tempos terem sido difíceis. Agora, está sendo um prazer retornar interpretando Herivelto. Foi como entrar em um parque de diversões já que ele tinha vários talentos: era sambista, letrista, cantor, palhaço e agente", ressaltou Fábio, no coquetel de lançamento da produção global, no Espaço Franklin, Rio. "A minissérie presta também um serviço, pois não deixa de ser um documentário da época ao retratar personagens reais como os atores Grande Otelo e Dercy Gonçalves, o que vai atrair a curiosidade de muita gente. Eu, por exemplo, conhecia um pouco sobre a história de Dalva e Herivelto", completou ele, que citou o momento mais difícil. "Em uma cena, ele é um pouco duro com um filho. Era uma época em que as crianças levavam palmadas. Eu nunca belisquei o meu", assegura o ator, referindo-se a João (9), fruto do casamento com Priscila Borgonovi (29). A alegria e confiança de Fábio aumentam por contracenar com Adriana Esteves (40), uma de suas melhores amigas e madrinha de João. "Ele faz parte dos melhores momentos da minha vida, é uma das pessoas em que eu mais confio. Poder me jogar em algo tão grandioso ao lado dele sela nossa amizade", disse a atriz, que vive Dalva, eterna diva de clássicos da MPB como Kalu, Segredo e Bandeira Branca. Feliz com a chegada dos 40 anos, comemorados na terça-feira, 15, Adriana não esconde que vive seu melhor momento. "Costumo gostar de todas as minhas fases. Mas a vida realmente é mais legal hoje. Tenho um trabalho no qual acredito e uma família encantadora. E me orgulho da responsabilidade com que crio meus filhos. Por mais que fique horas trabalhando, quando volto para casa, me dedico inteiramente a eles e ao meu marido, por quem sou apaixonadíssima", acrescenta a estrela, que está com Vladimir Brichta (33) há cerca de seis anos e é mãe de Vicente (3) e Felipe (9), este da união com Marco Ricca (47). Para interpretar Dalva, Adriana fez permanente nos cabelos e assistiu a antigos vídeos de música brasileira. "Procurei seguir os gestuais dela cantando", conta a atriz, que dubla a voz de Dalva. "Eu canto e a Adriana encanta", acrescenta Fábio, que vai aparecer também tocando violão. "Sou meio cara de pau", diverte-se ele, que teve banda de rock na adolescência. O lançamento da minissérie - escrita por Maria Adelaide Amaral (67), direção de Dennis Carvalho (63) e que tem ainda no elenco Maria Fernanda Cândido (35) na pele da Aeromoça Lurdes, por quem Herivelto deixou a cantora - , foi prestigiado também pelo filho dos dois astros retratados, o cantor Pery Ribeiro (72). Ele estava com a mulher, Ana Duarte (57), e o Filho Bernardo Martins (28) com a namorada, Gabriela Fercia (23), a Vera de Viver a Vida.