Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

AGRIÃO

Redação Publicado em 03/08/2009, às 12h49 - Atualizado em 05/08/2009, às 11h53

AGRIÃO - ANDRÉ CTENAS
AGRIÃO - ANDRÉ CTENAS
Acredita-se que o agrião (Nasturcium offi cinale) seja nativo do Oriente Médio, mas hoje é largamente cultivado na Europa e na América. A planta pertence à família das crucíferas, a mesma dos brócolis, da couve, da mostarda, do nabo e do repolho. O cultivo comercial de agrião é feito em tanques ou canais de drenagem. Como se trata de uma planta bastante perecível, precisa ser cultivada nas proximidades dos centros consumidores; por isso não é encontrada facilmente. O agrião tem folhas pequenas, fi nas e arredondadas, de coloração verde-escura. Os talos são firmes, porém frágeis e quebradiços. Rico em vitamina C, suas folhas são usadas em saladas, sopas, pratos orientais ou refogados. O agrião dá mais sabor a recheios de carne e de peixe. É ótimo ainda em sanduíches ou como "cama" para salada de frutos do mar, de frango ou de legumes. Molhos, sopas e purês ganham perfume quando feitos com folhas da planta. Na França, as preparações que contenham agrião são chamadas cressonnière, ou à la cressonnière. O potage à la cressonnière é uma sopa de agrião e batata, engrossada com gema de ovo e guarnecida com folhas da planta. SAÚDEÉ bom para Compor dietas com baixas calorias para quem faz regime, porque é um alimento de baixo valor energético; e ser utilizado como antioxidante, evitando a formação do câncer. É ruim para Portadores de doenças intestinais, que precisam diminuir a quantidade de fibras para não haver estimulação ainda maior dos movimentos peristálticos. COMO SE ESCOLHE Nos grandes centros urbanos, o agrião é encontrado nos supermercados, feiras livres e hortifrutigranjeiros. As folhas da planta são bastante frágeis e, por isso mesmo, se rasgam ou ficam danificadas facilmente, sobretudo quanto o maço está apertado demais. Elas devem ser verdes-escuras e precisam estar inteiras e bem vistosas. Pode-se encontrar em algumas feiras livres agrião bem novo, miúdo e mais tenro do que o normal. É o miniagrião, que veio integrar o universo das miniplantas e dos minilegumes, destaque nas melhores mesas e em boa parte dos melhores restaurantes. Mas, ao adquirir o miniagrião, é preciso ter em conta que pode ser mais picante. COMO SE PREPARA Desamarre o maço. Remova as folhas amareladas ou podres, mas não os talos. Guarde em sacos plásticos sem apertar. Conserve na gaveta da geladeira e use em dois a três dias. Na hora de usar, retire os talos mais grossos e conserve os mais tenros e finos. Lave em água corrente e, se for usar em salada, deixe de molho numa solução desinfetante. Escorra. Enxágue. Seque com papel ou em centrífuga. Se for cozinhar, pode usá-lo após o enxágue. Para fazer purê de agrião, refogue na manteiga quente algumas folhas até ficarem macias. Passe por peneira e adicione 1\3 de seu volume de purê de batatas, de inhame ou de ervilha. Mexa bem. Cozinhe. MINHA RECEITA Experimente preparar este penne all'arrabbiata (a receita Gourmet, na página seguinte, também é minha). Numa frigideira, aqueça 3 col. (sopa) de azeite de oliva extravirgem. Ponha 2 dentes de alho descascados e moídos. Mexa. Deixe fritar. Junte 2 xíc. de molho de tomate. Mexa bem. Deixe ferver até atingir o ponto de sua preferência. Adicione 1 col. (sopa) de salsinha picada e pimenta-calabresa moída a gosto. Mexa. Reserve aquecido. Cozinhe 300 g de penne em bastante água fervente e 1 pitada de sal. Escorra. Sirva o macarrão com o molho. FICHA TÉCNICA 100 g de agrião contêm: Calorias - 11 Proteínas - 2,3 g Carboidratos - 1,29 g Gordura - 0,1 g Fibras - 1,18 g Vit. B1 - 0,088 mg Vit. B2 - 0,118 mg Vit. B6 - 0,129 mg Niacina - 0,2 mg Folacina - 9,18 mcg Vit. C - 43 mg Vit. E - 1 mg Cálcio - 120 mg Ferro - 0,2 mg Magnésio - 21 mg Fósforo - 60 mg Potássio - 330 mg Sódio - 41 mg UTENSÍLIO DO CHEF Colher de salada Pegue a colher. Introduza a parte metálica na saladeira e mexa a salada com cuidado até que o tempero se espalhe bem. Então, retire com a colher, aos poucos e delicadamente, os componentes da salada que você deseja consumir e ponha no prato. Lembre-se de que deve consumir um pouco de cada ingrediente: é mais saudável. Você pode ver um vídeo sobre como se usa cada objeto da coleção no site http:// www.caras.com.br/utensilios-do-chef Veja também: COZINHA DE CARAS: ARRAIA POCHEÉ E MUSSECOZINHA DE CARAS: PURÊ DE BATATA COM CAVIARCOZINHA DE CARAS: CABELO-DE-ANJO COM OVO DE CODORNACOZINHA DE CARAS: CARPACCIO DE CONTRAFILÉ E SHITAKE