Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

IRREVERENTES CONFISSÕES DOS ASTROS DE DECAMERÃO

NOVA SÉRIE GLOBAL, QUE UNE COMÉDIA E SEXO, DÁ O TOM DA DIVERTIDA CONFRATERNIZAÇÃO DO ELENCO

Redação Publicado em 27/07/2009, às 20h11 - Atualizado em 30/07/2009, às 15h16

Tema central de Decamerão - A Comédia do Sexo, as relações amorosas tornaram-se o principal assunto entre os atores do elenco da nova série global durante a apresentação de seu primeiro capítulo - que vai ao ar em 31 de julho - no Estação Ipanema, Rio. "Serão exibidos apenas quatro programas, mas os relacionamentos humanos rendem infinitas histórias", analisa Matheus Nachtergaele (40). Na pele do falso padre Masetto, Lázaro Ramos (30) reconhece que muitas vezes o sexo funciona como moeda de troca. "Em várias situações isso pode ser presenciado. Seja para ter onde morar, o que comer, conquistar o amor...", enumera, referindo-se às circunstâncias da série. Lázaro, que recentemente assumiu ter se reconciliado com Taís Araújo (30), com quem casou em 2005 e separou em 2007, destaca que humor é primordial. "Sempre fui engraçado, então acontece muito de um momento que seria sensual acabar se tornando cômico", diverte-se ele. Com a mesma naturalidade, Daniel de Oliveira (32) discorreu sobre a questão. "Se o casal está feliz, tudo é válido. Mas creio que quando se está apaixonado, não há razão para infidelidades", aponta o ator, que pela terceira vez trabalha com Leandra Leal (26). "Com ela não tem erro", desmancha-se ele, elogiado pela colega. "Daniel é um dos melhores atores de nossa geração", define Leandra, ao lado de Fernanda de Freitas (29) e da diretora Ana Luiza Azevedo (49). O clima de admiração mútua, segundo o diretor Jorge Furtado (50), foi essencial nas gravações, que duraram um mês em Bento Gonçalves, RS. "O tempo que passamos juntos foi muito bom, com vinho, capeletti... A parte difícil foi o frio", lembra Furtado, endossado pelos atores Deborah Secco e Edmilson Barros (45). Para Drica Moraes (40), o maior desafio foi a saudade do filho, Mateus, adotado há cinco meses. "Não deu para levá-lo, ele é muito pequeno ainda, mas sabia que ele estava em boas mãos", justifica ela, casada com o produtor Raul Schmidt (50).