Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 12/06/2008, às 16h38

Eu pedi numa oração/ Ao querido São João/ Que me desse um matrimônio/ São João disse que não!/ São João disse que não!/ Isto é lá com Santo Antônio! Lamartine Babo (1904-1963), compositor carioca, em marchinha carnavalesca sobre o santo casamenteiro, festejado no dia 13 de junho. Santo Antônio de Lisboa/ Era um grande pregador/ Mas é por ser Santo Antônio/ Que as moças lhe têm amor. Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português. Ter fé é muito simples. Difícil é acreditar nela. Luis Felipe Angell, o Sofocleto (1926-2004), humorista peruano. O meu amor e eu/ nascemos um para o outro/ agora só falta quem nos apresente. Antônio Carlos Ferreira de Brito, o Cacaso, (1944-1987), poeta e compositor mineiro. Marcela amoume durante quinze meses e onze contos de réis. Machado de Assis (1839-1908), escritor carioca, em Memórias Póstumas de Brás Cubas. Quando identificamos beleza com bondade, a desilusão pode ser total. Lev Nikolaievitch Tolstoi (1828-1910), escritor russo. Valia a pena haver amado assim? Alberto de Oliveira (1857-1937), poeta fluminense. Estuda-se um ao outro durante três semanas; ama-se três meses; disputa-se três anos; tolera-se trinta anos; e os filhos recomeçam. Hippolyte Taine (1828-1893), crítico e historiador francês, sobre o casamento, que as jovens vivem pedindo a Santo Antônio. A cultura pretende não só mudar a visão do mundo. Anseia mudar a realidade quando ela é repugnante. Antônio Houaiss (1915-1999), filólogo e gastrônomo carioca. De tanto freqüentarem cinema, as pessoas acabam acreditando mais na tela do que na vida que levam. Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), poeta mineiro. A utilidade das viagens consiste em regular a imaginação pela realidade e em ver como são as coisas em vez de pensar em como podem ser. Samuel Johnson (1709-1784), escritor inglês. Apresso-me em rir de tudo, por medo de ser obrigado a chorar. Pierre-Augustin Beaumarchais (1732-1799), comediógrafo francês. Pobre país, quase com medo de se conhecer. William Shakespeare (1564-1616), dramaturgo e poeta inglês. A honestidade é tão rara que se oferecem poucas ocasiões para estudá-la. Jorge Luis Borges (1899-1986), escritor argentino. Deve-se preparar o indivíduo, desde cedo, para que tenha consciência de si mesmo e vá compreendendo a necessidade de preservar-se e de preservar seu grupo social, sua regionalidade, sua nacionalidade. Miguel Reale (1910-2006), jurista paulista. As coisas, por si só, não são interessantes, mas tornam-se interessantes se nos interessamos por elas. Silvio Ceccato (1914-1997), filósofo e lingüista italiano. A ditadura generalizou a corrupção até nas cúpulas dos órgãos supremos do poder. (...) Uma geração de estadistas deixou de ser formada, abrindo espaço para os negocistas. Darcy Ribeiro (1922-1997), antropólogo, escritor e político mineiro.