Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

PAULINHO DA VIOLA

O GRANDE VENCEDOR DA NOITE

Redação Publicado em 06/06/2008, às 14h20

Com o maior número de indicações, sete, Paulinho chega ao Municipal com a mulher, Lila. - Carol Feichas e Ivan Faria
Com o maior número de indicações, sete, Paulinho chega ao Municipal com a mulher, Lila. - Carol Feichas e Ivan Faria
A 6ª edição do Prêmio Tim de Música consagrou Paulinho da Viola (65) em noite de gala no Theatro Municipal, Rio. Com o CD Acústico MTV, o cantor e compositor ganhou quatro troféus: Melhor Cantor de Samba, Disco de Samba, Arranjador, para Cristóvão Bastos (60), e Canção. Nesta categoria, não teve para ninguém. Ele foi o autor das três concorrentes ao prêmio, Vai Dizer ao Vento, a vencedora, Bela Manhã e Talismã, uma parceria com Marisa Monte (40) e Arnaldo Antunes (47). "Gosto das três, mas Talismã é minha preferida, por ser bem alegre", disse, ao lado da mulher, Lila Rabello. O Acústico MTV, que reúne clássicos como Timoneiro e Coração Leviano e quatro novas composições, foi lançado 12 anos após o último disco de inéditas de Paulinho, Bebadosamba. Na ocasião, o CD saiu consagrado do então Prêmio Sharp, com cinco troféus. "É verdade que há algum tempo não fazia um trabalho com canções inéditas. Em 1997 também ganhei alguns troféus. Mas só de participar de uma festa como esta, com tantas indicações, já considero uma vitória", assegurou ele, um dos mais assediados no Theatro Municipal.