Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

LA BRUNET DE VOLTA A JERICOACOARA

COM ARMANDO E ANTONIO, ELA VISITA PONTO TURÍSTICO DO CEARÁ

Redação Publicado em 13/06/2007, às 11h35 - Atualizado em 08/12/2008, às 18h24

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Casal Armando e Luiza observa o caçula, Antonio, que brinca na Lagoa Azul
Casal Armando e Luiza observa o caçula, Antonio, que brinca na Lagoa Azul
Quando tem um tempo de folga, Luiza Brunet (45) gosta de levar a família para viajar. Um de seus destinos favoritos é o Ceará. "Meu pai era cearense, nasceu em Sobral, e por isso me sinto em casa", diz ela, que conheceu Fortaleza aos 17 anos, quando foi fazer um editorial de moda. "Depois disso já perdi as contas de quantas vezes voltei", afirma ela. De férias no Nordeste, Luiza, o marido, Armando Fernandez (58), e o caçula, Antonio (8), foram de helicóptero para Jericoacoara, localizada a cerca de 300 quilômetros da capital cearense. A filha, Yasmin (19), não participou da aventura porque estava em Nova York. "Yasmin está morando lá, e com os compromissos fica difícil conciliar as agendas", explica a bela. O trio passou o dia visitando os pontos turísticos do lugarejo ao lado do amigo, o promoter cearense Lázaro Medeiros (57). "Eu e Armando já conhecíamos o lugar, mas, como estávamos em Fortaleza, decidimos passar o dia em Jericoacoara para apresentar a Antonio", ressalta Luiza. "Viajar com eles é uma delícia. Armando é um lorde, Antonio é uma graça e Luiza é esta exuberância. Alguém que não precisa usar Versace ou Armani para ficar bonita, porque sua beleza é tanto exterior quanto interior", elogia Lalá. O grupo passeou pelas dunas de buggy, visitou a Pedra Furada - uma rocha em formato de arco onde se pode ver, em determinadas épocas do ano, o pôr-do-sol ou seu nascer por uma abertura da pedra -, o farol que funciona à base de energia solar e a Lagoa da Jijoca, também conhecida como Lagoa Azul ou do Paraíso. "É impressionante porque ali se forma uma piscina límpida, ideal para qualquer criança se esbaldar", conta Luiza. Entre as atividades do dia, pausa para a pescaria do herdeiro. "Antonio é bom de pesca. Já fomos até ao Amazonas para ele praticar. Aqui também pegou alguns peixes. Ele gosta tanto de pescar que diz que, quando crescer, será pescador", declara a empresária, sorrindo e incentivando o lado lúdico do menino. No caminho entre uma atração e outra, uma vegetação tipicamente nordestina chamou a atenção do grupo: um cacto em flor. Observada por Armando Luiza mostrou-o a Antonio, contando uma história de quando o garoto era pequeno. "Ele tocou em um desses e espetou todos os dedinhos", recorda. Há quase 30 anos sem visitar Jericoacoara, Armando se impressionou com a conservação da natureza e o charme da vila. "Apesar do turismo, não cresceu muito, e mantém a simplicidade e o equilíbrio entre civilização e natureza", observa o empresário.