Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 26/03/2007, às 08h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Não há o que demonstre de maneira mais decisiva o caráter de um homem ou de uma nação do que a maneira como tratam as mulheres. Johann Gottfried von Herder (1744-1803), filósofo e escritor alemão. Descobri uma lei sublime, a lei da equivalência das janelas, e estabeleci que o modo de compensar uma janela fechada é abrir outra, a fim de que a moral possa arejar continuamente a consciência. Machado de Assis (1839-1908), escritor carioca. Justiça é não fazer a outrem o que não queremos que nos façam. Hugo de Lamennais (1782-1854), pensador francês. Beleza é poder; um sorriso é sua arma. Charles Reade (1814-1884), escritor inglês. As pessoas não morrem, ficam encantadas. João Guimarães Rosa (1908-1967), escritor mineiro. É preciso evitar a saudade ocupando o espírito com novas sensações e novas imaginações. Gabriele Dâ¬"Annunzio (1864-1938), poeta italiano. Eu nunca iria para a cama com um perfeito desconhecido. A menos que esse desconhecido fosse perfeito. Mae West (1892-1980), atriz norte-americana. É fácil distinguir entre o verdadeiro e o falso poema. O falso permanece escrito ou impresso na página. O verdadeiro salta, palpitante de vida e alma, e fica para sempre inscrito em nós, morando na gente, lembrado na memória, sentido no coração. Eno Teodoro Wanke (1929-2001), engenheiro e poeta paranaense. Se um tanto de sonho é perigoso, não é menos sonho que há de curá-lo, e sim mais sonho, todo o sonho. Precisamos conhecer totalmente os nossos sonhos para não sofrermos mais com eles. Marcel Proust (1871-1922), escritor francês. Vamos parar de nos matar. A Terra não é um antro, nem uma prisão. A Terra é um paraíso, o único que jamais conheceremos. Henry Miller (1891-1980), escritor norte-americano, no livro Pesadelo Refrigerado (Editora Francis). Sim, parece que a grande chaga de nosso tempo é não se contar com o futuro. E, se o futuro nada nos promete, por que cuidar do passado? Rachel de Queiroz (1910-2003), escritora cearense. Encher a hora â¬" isso é que é felicidade. R. W. Emerson (1803-1882), crítico e poeta norte-americano. Considero como perdido todo dia em que não conheço uma nova pessoa. Samuel Johnson (1709-1784), escritor inglês. Idade é uma questão de sensação, não de anos. George Williams Curtis (1824-1892), cronista e político norte-americano. Andar por terras e comunicarse com pessoas diversas faz os homens discretos. Miguel de Cervantes (1547-1616), escritor espanhol. O saudosismo é, como o pigarro, um cacoete de velho. Otto Lara Resende (1922-1993), escritor mineiro, na caixa de imagens e escritos Arquivinhos â¬" Otto Lara Resende, de Humberto Werneck e Benício Medeiros (Editora Bem-Te-Vi). O que há num simples nome? O que chamamos rosa, com outro nome não teria igual perfume? William Shakespeare (1564-1616), dramaturgo e poeta inglês. Não possuir algumas coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade. Bertrand Russell (1872-1970), filósofo inglês. Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não:quero é uma verdade inventada. Clarice Lispector (1920-1977), escritora brasileira nascida na Ucrânia.