Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Citações

Redação Publicado em 22/02/2007, às 15h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Tremo por meu país quando penso que Deus é justo, que Sua justiça não pode dormir para sempre. Thomas Jefferson (1743-1826), ex-presidente dos Estados Unidos. Nossas preciosas matas vão desaparecendo, vítimas do fogo e do machado destruidor, da ganância e do egoísmo. Nosso belo Brasil ficará reduzido aos desertos. José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838), poeta e político paulista. Ah! Um automóvel, aquela máquina que cheira mal? João do Rio (1881-1921), escritor, jornalista e dramaturgo carioca. Ah! Um automóvel, aquela máquina que cheira mal? João do Rio (1881-1921), escritor, jornalista e dramaturgo carioca. A vida não é um bem nem um mal: é um campo para o bem e para o mal. Sêneca (4 a.C-65), filósofo romano que nasceu em Córdoba. Nesta vida, quando algo se acaba, começa outra coisa. Jorge Luis Borges (1899-1986), escritor argentino. O gosto, como a virtude, está no meio: entre a tolice da multidão e a das classes altas. Edmond Rostand (1868-1918), dramaturgo francês. Se pudéssemos ensinar os homens a falar e as mulheres a ouvir, a vida em sociedade seria muito mais civilizada. Oscar Wilde (1854-1900), escritor e dramaturgo irlandês. Ficaríamos envergonhados de nossas melhores ações se o mundo soubesse o que nos levou a elas. François Poitou, duque de La Rochefoucauld (1613-1680), escritor e crítico francês A poesia se faz com palavras, embora seja pela força do sentimento ou pela tensão do espírito que acodem as combinações de palavras nas quais há carga de poesia. Stéphane Mallarmé (1842-1898), poeta e crítico literário francês. Acabou-se o artifício, desmanchou-se a mágica, volta-se à realidade. Cecília Meireles (1901-1964), poeta carioca, sobre a passagem do carnaval. Com 20 anos, achamos que resolvemos o enigma do mundo; com 30, começamos a refletir sobre ele; e, aos 40, descobrimos que é insolúvel. August Strindberg (1849-1912), dramaturgo sueco. Quando alguma coisa está errada dentro de nós, procuramos as causas do lado de fora. E não demoramos a encontrar. Anton Chekhov (1860-1904), contista e dramaturgo russo. Quando alguma coisa está errada dentro de nós, procuramos as causas do lado de fora. E não demoramos a encontrar. Anton Chekhov (1860-1904), contista e dramaturgo russo. Por favor, um pouco de tédio. O tédio é tão saudável em pequenas doses. Hannah Arendt (1906-1975), filósofa norte-americana nascida na Alemanha. Ilegal é a destruição do povo dia a dia. Herbert de Souza, o Betinho (1935-1997), sociólogo mineiro. Pessoas que fazem pouco rumor são perigosas. Jean de La Fontaine (1621-1695), fabulista francês. Tudo que se faz de grande, se faz em silêncio. Erik Gustaf Geijer (1783-1847), escritor e compositor sueco. A fé, resumidamente, é uma crença ilógica na ocorrência do improvável. Henry Louis Mencken (1880-1965), jornalista norte-americano. Concebo minhas obras como cartas que escrevi à posteridade, sem esperar resposta. Heitor Villa-Lobos (1887-1959), compositor carioca. Não passo o dia olhando pro meu umbigo para ver se nasce um pé de couve. Elis Regina (1945-1982), cantora gaúcha. Viver sem prazer é viver debaixo da terra. Pierre de Ronsard (1524-1585), poeta francês. Quantos crimes cometidos simplesmente porque o seu autor não podia suportar o fato de estar errado! Albert Camus (1913-1960), escritor francês. Nada pode impedi-lo quando você estabelece um objetivo, a não ser você mesmo. Sidney Sheldon (1917-2007), escritor norte-americano.