Citações



Sim, as mulheres estão sujeitas a uma grande influência do verão; no bojo do mês de janeiro elas sentem o coração lânguido, e se espreguiçam de um modo especial. Rubem Braga (1913-1990), cronista e escritor capixaba. Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol./ Ambos existem; cada um como é. Alberto Caieiro, heterônimo de Fernando Pessoa (1888-1935), poeta português. O amor tem o poder de fazer você acreditar no que geralmente trataria com a maior suspeita. Honoré Gabriel de Riqueti, conde de Mirabeau (1749-1791), político francês. A esperança é uma fonte eterna no peito humano. Alexander Pope (1688-1744), escritor, poeta e ensaísta inglês. Dêem-me um museu, que eu o encherei. Pablo Picasso (1881-1973), pintor espanhol. Quem suspira envelhece um dia. Teócrito (cerca de 310-250 a.C.), poeta grego. Na solidão, estamos menos sós do que nunca. George Gordon Byron (1788-1824), poeta inglês. O capitalismo rasgou o véu sentimental da família, reduzindo as relações familiares a meras relações monetárias. Karl Marx (1818-1883), filósofo e economista alemão. Os parentes distantes são os melhores. E, quanto mais distantes, melhores ainda. Kin Hubbard, pseudônimo de Frank McKinney (1868-1930), cartunista americano. Com dinheiro se pode construir uma esplêndida casa, mas não uma boa família. Manuel Tamayo e Baus (1829-1898), dramaturgo espanhol. Me contradigo? Tudo bem, então/ me contradigo;/ Sou vasto, contenho multidões. Walt Whitman (1819-1892), poeta norte-americano. O que é o beijo? Não é o desejo ardente de aspirar uma parte do ser amado? Giacomo Casanova (1725-1798), escritor e aventureiro italiano. Na maioria das vezes o amor não tem por objeto um corpo, exceto se nele se funda uma emoção, o medo de o perder, a incerteza de o encontrar. Marcel Proust (1871-1922), escritor francês. A constância é contrária à natureza, contrária à vida. As únicas pessoas completamente constantes são os mortos. Aldous Huxley (1894-1963), escritor inglês. Não existem amores feios nem prisões belas. Pierre Gringore (c. 1475-c. 1538), poeta francês. Em caminho longo, passo curto. Jean Racine (1639-1699), poeta e dramaturgo francês. Cético é o homem que não desconfia de nada. Paul Claudel (1868-1955), poeta e dramaturgo francês. Não devemos contar a idade pelos anos, mas pelos procedimentos. Sêneca (4 a.C.-65), filósofo romano. Não confie numa mulher que diz sua verdadeira idade. Uma mulher que diz isso é capaz de dizer qualquer coisa. Oscar Wilde (1856-1900), escritor, poeta e dramaturgo irlandês. Quando é que o amor acaba? Se você disse que se encontraria com alguém às 7 horas e chega às 9, e ele ainda não chamou a polícia, o amor acabou mesmo. Marlene Dietrich (1901-1992), atriz alemã. Não acumules ouro na Terra, porque o ouro é pai do ócio, e este, da tristeza e do tédio. Jorge Luis Borges (1899-1986), escritor argentino. O bom arqueiro acerta o alvo antes mesmo de ter disparado. Zhao Buzhi (1053-1110), filósofo e poeta chinês.
Atualizado quinta 4 janeiro, 2007 (104531) | 17/09/2019 08:07:15

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Casal de atores elevou os termômetros com momento quente na web Agatha Moreira e Rodrigo Simas trocam beijo picante
  2. 2 Jojo Todynho ''ataca'' fã gringo hospedado na casa de Anitta
  3. 3 Pabllo Vittar impressiona fãs com visual arrasador; confira
  4. 4 Repórter do 'Mais Você' diz não ter perfil em app de pegação
  5. 5 Luciano Camargo posta foto sensualizando e esquenta web
  6. 6 Luiz Bacci relembra foto com apresentador e emociona
  7. 7 Bailarina do Faustão mostra 'corpão' em biquíni minúsculo
  8. 8 Gracyanne Barbosa exibe barriga negativa e é questionada
  9. 9 Thammy Miranda choca ao zoar o tamanho da barriga da esposa
  10. 10 Lívia Andrade posa com vestido mais comportado e surpreende