ESPORTE

Após instabilidade respiratória, quadro de Pelé é estável, diz boletim médico

Edson Arantes Nascimento, o Pelé (80), apresentou uma 'instabilidade respiratória' na madrugada deste sexta-feira, 17, e precisou ser transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. 

Segundo o boletim médico, o ex-jogador de futebol teve o quadro estabilizado e passou para cuidados semi-intensivos, além disso, ele está "estável do ponto de vista cardiovascular e respiratório, e segue em recuperação de pós-operatório abdominal".

Confira a nota na íntegra:

"Edson Arantes do Nascimento apresentou breve instabilidade respiratória na madrugada de 17 de setembro, e como medida preventiva, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Após estabilização do quadro, o paciente passou para cuidados semi-intensivos. Ele encontra-se, neste momento, estável do ponto de vista cardiovascular e respiratório, e segue em recuperação de pós-operatório abdominal."

Pelé passa por cirurgia para retirar tumor

No dia 4 de setembro Pelé passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor suspeito no cólon direito. No dia 14, o ex-jogador teve alta da UTI e estava se recuperando no quarto do hospital.

Nas redes sociais Pelé se manifestou e agradeceu as orações. "Meus amigos, esse é um recado para cada um de vocês. Não pensem, por um minuto sequer, que eu não li as milhares de mensagens de carinho que recebi por aqui. Muito obrigado a cada um de vocês por dedicarem um minuto do seu dia para me enviar boas energias. Amor, amor e amor! Eu já saí da UTI e estou no meu quarto. Continuo cada dia mais alegre, com muita disposição para jogar 90 minutos, mais a prorrogação. Estaremos juntos em breve!", declarou.