ATUALIDADES

Em vídeo, Pyong Lee chora ao ler carta aberta admitindo ser um novo homem: ''Abomino quem já fui''

Após quatro meses, Pyong Lee (29) retornou às redes sociais nesta sexta-feira, 15.

Envolvido em diversas polêmicas, o hipnólogo decidiu falar um pouco sobre como foram os últimos tempos para ele.

No Instagram, o ex-participante do BBB20 apareceu em um vídeo abrindo seu coração ao ler uma carta aberta que escreveu.

“Esses últimos tempos têm sido de reflexão para mim. Escrevi uma carta e quero compartilhar com vocês. Quase 100 dias longe das redes, quase 2.400 horas. Pela primeira vez na vida tive coragem de me confrontar, me enxergar sem filtro, sem opiniões externas, sem ego ou qualquer tipo de esperança”, começou dizendo.

“Apenas eu, o mais verdadeiro e profundo eu, com tudo que já vivi de bom e ruim. Meus traumas e minhas experiências, que só eu conseguiria conhecer e entender tão bem. É muito difícil reconhecer que temos um problema. A nossa própria mente não nos deixa enxergar. Às vezes, quando conseguimos ver, já é tarde demais”, prosseguiu. “Nada justifica o homem que já fui, totalmente entregue a uma existência perdida. Nesses dias eu me conheci pela primeira vez”.

“Me reconheço como filho de Deus e abomino quem já fui”, chegou a comentar durante o relato.

O empresário também falou o quanto a experiência foi dolorosa e, é claro, não deixou de pedir perdão para Sammy (23) e reiterar o quanto sente falta dela e de Jake (1).

Confira a carta aberta de Pyong Lee na íntegra: