As mortes mais marcantes em Grey's Anatomy

FOTO: REPRODUÇÃO


Grey’s Anatomy, ou melhor, Shonda Rhimes não
poupou tragédia durante as dezesseis temporadas
da série. E, pensando nisso, reunimos as mortes
mais dolorosas da produção.

Foto: Reprodução



Um dos momentos mais dolorosos da série é a
despedida de George. Após um acidente de
ônibus, ele escreve “007” na mão de Meredith,
para que assim o reconheça, porém, não
consegue ser salvo a tempo.

George

Foto: Reprodução


Uma das mortes mais dolorosas da produção e de
grande impacto. Nós vimos o relacionamento dele
com Izzie se tornar uma grande força, mas a
história foi encerrada após um derrame durante
um transplante de coração.

Denny

Foto: Reprodução


Meredith Grey aprendeu a dizer adeus, da pior
forma possível. Infelizmente, Lexie, a irmã da
médica, foi a primeira a falecer durante a queda
do avião do hospital.

Lexie

Foto: Reprodução


Devido aos ferimentos da queda do avião, Mark
também não resistiu aos ferimentos e acabou
falecendo no início da nova temporada.

Mark

Foto: Reprodução

FOTO: REPRODUÇÃO

Devido a uma doença óssea rara, o primeiro filho do casal nasceu prematuro e não resistiu. A cena foi marcada por um momento especial dos personagens segurando a criança antes de falecer.

Filho de Jackson e April


Adele Webber, esposa do Dr. Richard, se tornou
uma das mortes mais marcantes da série por conta
da sua doença, algo que foi trabalhado na série.
Nós vemos a personagem na imaginação de seu
esposo, onde ambos estão dançando.

Adele

Foto: Reprodução


TEXTO:
André Luiz Freitas
EDIÇÃO:
VITÓRIA GOMES