Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
A Fazenda / Gravíssima

Saiba qual foi a punição de Jaquelline após quebrar cadeira em A Fazenda 15

A punição foi revelada! Ao vivo, Adriane Galisteu diz qual é a punição gravíssima que Jaquelline recebeu por quebrar uma cadeira da sede

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 21/11/2023, às 23h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jaquelline em A Fazenda 15 - Foto: Reprodução / Record TV
Jaquelline em A Fazenda 15 - Foto: Reprodução / Record TV

A fazendeira Jaquelline Grohalski sofreu uma punição gravíssima em A Fazenda 15, da Record TV, na noite desta terça-feira, 21. Durante a formação da roça, a apresentadora Adriane Galisteu revelou qual foi a penalidade para a jovem.

A punição estava um mistério desde Jaquelline quebrou uma cadeira da sede em um ataque de raiva durante a briga de Lucas Souza e Cezar Black. Para extravasar o que estava sentindo, ela jogou a cadeira no chão e quebrou o móvel. Com isso, a produção anunciou que ela iria sofrer uma punição na formação da roça.

A decisão do programa foi tirar a imunidade de fazendeira de Jaquelline. Ela teve o poder de indicar uma pessoa direto para a roça, mas também foi alvo de votos na votação dos participantes por estar sem a imunidade.

A notícia foi dada ao vivo por Galisteu. "Jaque danificou uma cadeira da sede. Ninguém está aqui para julgar os motivos da discussão, mas não pode quebrar as regras. É proibido quebrar ou danificar qualquer objeto de propósito na fazenda. A punição fica mais grave quando é cometida pela fazendeira, que é quem deveria ajudar a cuidar da sede. Sendo assim, a punição afeta só você, Jaque. A sua indicação será respeitada, mas você não está mais imune na dinâmica”, disse ela, liberando os participantes para votarem em Jaquelline caso desejassem.

Jaquelline já sabia que iria ser punida

Mais cedo, Jaquelline conversou com seus aliados sobre a punição que iria receber durante a noite e disse que aceitava a penalidade porque sabia que errou. “Eu acho que é algo mais para mim mesmo, não para as pessoas. Vocês não podem ser acusados pelos outros. Eu estou calma, eu errei. Tenho consciência. Eu posso sentar em um dos bancos em vez de indicar alguém… Ou pode ser que eu seja eliminada. A direção do programa talvez me elimine”, desabafou.

E completou: “Foi erradíssimo o que eu fiz, e eles estão certos. O que não pode ser é uma punição para todo mundo. Tem que ser uma punição individual, porque o erro foi meu. Eu saí da casinha, estava estressada. Foi o momento de extravasar minha raiva, minha ira. Não é o certo, ninguém tem que sair quebrando as coisas. Preferi ter quebrado, mesmo sabendo que era errado, do que voar numa pessoa para eu sair daqui agredida”.