Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
A Fazenda / Passado

A Fazenda 15: Sander Mecca já foi preso no passado. Relembre o motivo

Anunciado como participante de A Fazenda 15, Sander Mecca já foi condenado à prisão no passado

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 14/09/2023, às 11h41

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sander Mecca - Foto: Reprodução / Instagram
Sander Mecca - Foto: Reprodução / Instagram

Nesta quinta-feira, 14, a Record TV confirmou o nome do cantor e escritorSander Mecca como participante de A Fazenda 15, que estreia na próxima semana. Com isso, um episódio sobre o passado dele veio à tona. Há cerca de 20 anos, ele foi preso.

Ex-integrante do grupo Twister, Sander foi detido no ano de 2003 com drogas. Com isso, ele foi enquadrado como traficante e foi condenado. Ele ficou detido até o ano de 2005. Na época, ele disse que as substâncias eram para consumo próprio. Quando ficou preso, ele contou que chegou a encontrar os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos na prisão.

Depois de reconquistar a liberdade, Sander Mecca largou as drogas e até escreveu um livro sobre a dependência química. “Minha motivação para me manter limpo hoje é pela minha decisão verdadeira de construir uma família e querer estar limpo. Tem que querer. Não é dizer ‘não posso mais usar drogas’. Poder, eu posso. Tenho que querer não usar drogas. Não quero mais”, disse ele, segundo o site Observatório dos Famosos, há alguns anos.

Declaração de Sander Mecca sobre não usar mais drogas

Há pouco tempo, Sander Mecca fez uma declaração nas redes sociais para falar sobre a decisão de largar o vício. "Como é bom parar de usar drogas, pessoal. Minha vida era um caos: não tinha dinheiro, o trabalho que eu arrumava, eu perdia, minha família não dormia, eu vivia doente e totalmente disfuncional. Não conseguia cumprir um compromisso nem manter um relacionamento interpessoal. Estou hoje passeando aqui com a minha filha e mostrando para vocês que existe vida após o uso de drogas e vale muito a pena. Antes eu vivia no caos, no terror, e hoje eu vivo na plenitude e, limpo, eu posso lidar com os meus problemas. Tô nem aí com os meus 90 quilos...", disse ele, segundo o Jornal Extra, em abril deste ano. 

"E se você está nessa roubada , procure ajuda. Existe uma programação que salva vidas. Eu precisei me internar várias vezes, fui preso, mas faço parte de uma programação de doze passos que salvam a minha vida todos os dias. E sou muito grato A Deus, à minha família, minha esposa.... Existe vida após o uso de drogas, e a vida é maravilhosa", finalizou.