Paisagem impactante de Goiás no centro-oeste

Assine

Por CARAS Digital (Patrocinado)

Paisagem impactante de Goiás no centro-oeste

Encontre cachoeiras, mirantes, festivais de folclore, cânions, rios e reservas ecológicas

O Estado de Goiás está localizado na região central do Brasil. Moderno, preserva suas tradições e cultura, ao mesmo tempo em que se coloca na vanguarda da atratividade turística para brasileiros e estrangeiros, através de seu patrimônio natural e da biodiversidade do Cerrado. A multiplicidade cultural e do meio ambiente é representada nos valores, aromas, sabores e ingredientes — como o pequi — utilizados na saborosa e riquíssima culinária. Entre as cidades históricas está Pirenópolis, a 125km de Goiânia, que tem a Serra dos Pireneus reconhecida como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Rios e cachoeiras são abundantes no parque. O contato com a natureza pode ser feito em caminhadas, escaladas, passeios e trilhas, pedaladas ou passeios a cavalo. Hotéis, pousadas e resorts — e uma gastronomia regional peculiar e rústica — proporcionam momentos agradáveis de descanso, lazer e de conhecimento das tradições locais. O charme das cidades e da arquitetura em meio a serras e montanhas é inspiração para muitos artistas e artesãos, cuja produção serve como souvenir e memória do local.

Já Cavalcante, a cerca de 500km da capital goiana, abriga Kalunga, a maior comunidade quilombola do País, que ainda preserva as tradições e a cultura do tempo em que a escravidão era mantida no Brasil. As cidades da região são preparadas para acolher bem o turista, desde os que optam pela simplicidade das pousadas até os que exigem um pouco mais de requinte nas acomodações. Para quem procura a natureza misturada a uma atmosfera mística, Alto Paraíso, a 412km de Goiânia, é o destino ideal. É lá que fica a famosa Chapada dos Veadeiros, local que atrai turistas, esotéricos, ecoturistas e aventureiros. Em um cenário contornado por cânions gigantescos, paredões rochosos, rios cristalinos, cachoeiras espetaculares, piscinas naturais e minas de quartzo, somente a paz pode reinar. Porém, passear pela Chapada não é tarefa das mais fáceis. Um mínimo de preparo é necessário para encarar as trilhas — algumas íngremes e cansativas. Mas só de imaginar as belezas escondidas no final do caminho vale a pena prosseguir. Entre uma parada e outra, é inevitável admirar a vegetação típica do Cerrado, colorida por ipês, bromélias e aroeiras; ou acompanhar os voos dos periquitos e das araras, que cortam os céus sempre em bandos.
 

Tags relacionadas: viagem

Notícia publicada Qui, 31 ago 2017 as 17:08, por CARAS Digital.