Chitãozinho e Márcia: juras de amor nas Maldivas

Assine

Por CARAS Digital

Chitãozinho e Márcia: juras de amor nas Maldivas

Junto há 15 anos, par renova votos de união nas Maldivas sob o olhar do herdeiro

Até agora foram 15 anos de amor entre o cantor  Chitãozinho (60), da dupla como o irmão Xororó (57), e a mulher, Márcia Regina Alves Lima (39). Da união nasceu Enrico (12). Para celebrar esse encontro entre almas que se completam, como o sertanejo gosta de definir, os três viajaram para as Ilhas Maldivas, país insular a sudoeste da Índia, e em um atol no meio do Oceano Índico fizeram uma cerimônia de renovação dos votos do casamento. O local, um paraíso de praias com águas límpidas azul-turquesa e areia branca, é ideal para realizar um sonho romântico como o de Chitão e Márcia. “Chorei. É uma sensação  boa a de estar dando sequência a uma relação com uma pessoa importante, que soma com você, com a qual você é feliz, que te completa”, declara Chitãozinho, que acaba de lançar com o irmão trabalho que homenageia Tom Jobim (1927–1994). “É tudo mágico, forte, não dá para traduzir em palavras. Vento, mar, véus, flores, o som dos tambores... Escolhemos um lugar que tivesse a ver com a gente”, emendou Márcia. Caminhando descalços na trilha de areia, os dois cruzaram a ilha rumo ao altar montado na praia com arcos e flores. A celebração é semelhante ao casamento na Igreja Católica e juras de amor eterno foram feitas. Eles receberam as alianças — que usam desde 2000 — em uma grande concha com areia. “Acreditamos na energia que vem das coisas do mar e das flores, que significa renovação da vida, da nossa relação. Por isso, usei flores frescas no cabelo e no buquê e Chitãozinho também usou na camisa”, diz Márcia, que incluiu pérolas, mais uma alusão ao mar, no figurino.

Após a cerimônia, eles celebraram com bolo e champanhe. “A renovação é um casamento de novo. É a reafirmação de um compromisso. Amor e casamento são a mesma coisa: uma bênção que Deus te proporciona e a gente tem de conviver com isso com harmonia. A Márcia é suave, não vai pesar nunca”, analisa Chitão. Leveza também é uma qualidade que Márcia admira no marido. Depois de viver com ele por 15 anos, pode falar com propriedade sobre um relacionamento sólido. “Eu me casei com 27 anos. Ele foi o primeiro homem com o qual realmente tive vontade de estar junto, dormir e acordar, compartilhar uma vida. Ele é o meu amigo, o meu companheiro. Ele e o Enrico são a minha vida”, avalia ela, citando o herdeiro, que testemunhou a renovação dos votos do casal. “Ele é um companheirão. Foi criado viajando com a gente. É suave como a mãe”, elogiou o sertanejo, também orgulhoso pai de Aline (30) e Allison (28), com Adenair Lima (56).

Tags relacionadas: Chitãozinho | viagem

Notícia publicada Qua, 18 Fev 2015 as 09:05, por CARAS Digital.




Mais Notícias de viagem