Por CARAS Online 4 meses atrás

Giulia Gam critica ditadura da beleza: 'Vejo atrizes cada vez mais magras'

Intérprete da vilã Bárbara Ellen em Sangue Bom, Giulia Gam diz que não incentiva o filho a seguir carreira artística: 'Vou desestimular ao máximo porque, se tiver que ser, vai ser'

Intérprete da divertida vilã Bárbara Ellen na novela Sangue Bom, Giulia Gam emagreceu antes de voltar à cena. Mas faz questão de ressaltar que fez por ela mesmo, não pelo trabalho ou a chamada 'ditadura da beleza', da qual é contra.

"Acho que existe sim uma ditadura. Vejo atrizes cada vez mais jovens muito magras. É uma preocupação muito grande em estar magra e acho que o mercado exige isso. Afinal, a televisão, por uma questão técnica, deforma", disse a atriz ao site do Domingão do Faustão. "Naquele momento, estava pensando mais na minha vida, já era um projeto meu de vida poder dar um tempo para mim, como ir à dermatologista e ter outros cuidados com o meu corpo, que não tem mais 20 ou 30 anos. Eu queria me sentir melhor comigo mesma. Fui na endocrinologista por uma questão de saúde e não fiz nenhum procedimento que fosse violento para emagrecer", conta.

+ Filha de Giulia Gam em 'Sangue Bom' revela segredos sobre sua personagem

Ela revelou ainda que fez pilates para se sentir com mais energia para a novela e que só se assistiu como Bárbara Ellen depois da estreia. "Quando assisti ao primeiro capítulo, eu não me reconheci. Não quis assistir antes para não ter crítica porque não estava muito segura, ainda estava tentando achar a personagem. Tinha medo de olhar para o meu rosto e não me convencer. Prefiro ver quando estou mais segura, quando não estou mais tão misturada nesse embate interno da construção", diz. "Às vezes você pode confundir de você estar bonita na televisão, mas a minha briga é qual é o conceito que a gente tem que criar para que a personagem funcione".

+ Sangue Bom: Bárbara Ellen dá em cima do cantor Filipinho

Aos 46 anos, ela conta que não se sente incomodada com o corpo e nem teme o envelhecimento, mas reconhece que, com o passar dos anos, há cuidados maiores a serem tomados. "Você vai percebendo, por exemplo, que, ao emagrecer, sua pele não volta mais, fica flácida. Os medos vão aparecendo conforme você vai envelhecendo, mas isso ainda não é a minha preocupação. Meu corpo reflete muito meu estado de espírito e vice-versa. Nunca me apoiei muito na questão da estética, procuro algo mais saudável".

Ela também conta que, já com anos de carreira, não se vê fazendo loucuras pela profissão. "Hoje em dia eu não engordaria mais por um personagem porque é muito difícil perder. Eu não preciso mais provar nada para ninguém, não tenho nenhuma necessidade de dizer 'eu fiz'".

Giulia não incentiva o filho a seguir carreira artística

Giulia revelou que prefere não incentivar Theo, filho da atriz com o apresentador Pedro Bial, a seguir pelo mesmo caminho. Ainda assim, o apoiaria caso o garoto tenha vontade de seguir carreira artística. "Uma vez ouvi alguém dizer: 'Eu vou desestimular ao máximo porque se tiver que ser, vai ser'. Eu acho verdade. É uma profissão que exige muita vocação, e eu entendo isso. É algo que não dá para criar. Se eu sentisse que o meu filho tem paixão, aí é inevitável", acredita. "Se o meu filho fosse ator, ele iria para um caminho de humor, ele tem outra sacada".

Tags relacionadas: Giulia Gam | tv

Notícia publicada Ter, 27 Ago 2013 as 08:43, por CARAS Online.


Mais Notícias de tv