Assine

Por CARAS Online 4 anos atrás

Patrícia França: "Gosto de estar grávida"

A atriz Patricia França está feliz da vida com a nova gravidez, desta vez ela espera um menino, que se chamará Gabriel

No quinto mês de gestação, a atriz Patrícia França, que faz a Nina na novela Poder Paralelo, na Record, está radiante com a chegada de mais um herdeiro, o pequeno Gabriel, da união com o empresário Wagner Pontes. Patrícia, que já é mãe de Fernanda, de 9 anos, está começando os preparativos para receber o bebê em sua casa, fazendo reformas para melhor acomodá-lo. Ela engravidou durante a exibição da trama, o que levou sua personagem a também ter um filho a caminho, continuando a gravar mesmo com a barriguinha crescendo a cada dia, o que para ela é bom, já que se declara 'uma trabalhadora'. O bebê está previsto para o começo de janeiro e deve nascer na mesma clínica da irmã, a Perinatal, no Rio de Janeiro. Confira abaixo trechos da conversa de Patrícia França com o Portal CARAS: - Por que você e o Wagner decidiram pelo nome Gabriel? - Há muito tempo que quero esse nome, sei que já tem muito Gabriel por aí, a gente acaba procurando nomes não muito comuns, mas acabei cedendo. E todo mundo gosta de Gabriel, eu, minha filha, meu marido, a filha dele...e é um nome de anjo. - Durante esses cinco meses de gravidez, tem sentido muitos enjoos e desejos? - Não sinto enjoos, só no início sentia um pouco de náuseas e mal estar. Os desejos também não costumo ter, só no início, agora está mais ameno. Eu sentia vontade de comer feijoada, comida pesada mesmo, hot dog, tudo o que a gente não pode comer. (risos) - Você tem cuidado do corpo? - Tenho me cuidado sim. Faço acompanhamento ortomolecular com a Dra. Heloísa Rocha, e tenho uma nutricionista, a Marcela. Também faço ginástica, quando tiver coragem quero muito fazer hidroginástica, porque é muito bom para as grávidas. - Como está a organização do quarto do bebê? Já definiu as cores e o tema? - Na verdade estou fazendo uma reforma enorme na casa e ainda nem comecei a fazer o quartinho. Devemos começar a preparar o quarto do bebê em outubro. Eu quero fugir do verde e azul, que todo mundo está usando. Penso em lavanda, o mais masculino possível, porque essa cor tende a ficar pra um lilás. Acho que devo tentar um azul e lavanda, bem pouco lilás, algo bem menino. Ainda não decidi nenhum tema, mas quero que seja mais sóbrio, sem muita coisa. - Você está sentindo diferenças em relação à primeira gravidez, da Fernanda, e agora, com o Gabriel? - O que se refere à disposição não mudou muito, estou bem disposta e trabalhando, não tive enjoos nem agora nem na primeira, e não engordei muito também. E como foi há nove anos que tive a primeira gravidez, agora eu sinto que me canso mais que antes, talvez porque na primeira não estava trabalhando e hoje estou gravando a novela. - Como está o ritmo de gravações? - A novela está normal, o ritmo de sempre. Teve um período que tinha muitas cenas pra gravar, essa semana ficou mais tranquilo, então depende muito. Eu, na verdade, sou uma trabalhadora, quero sempre cumprir o meu trabalho. Estou esperando o que o Lauro (Cesar Muniz -autor da trama) e o Inácio (Coqueiro - diretor) vão resolver, vai chegar uma hora que vou ficar muito grande, eu estou mais grávida que a personagem (risos). Vamos ver até onde vai. - Você já está montando o enxoval? - Eu comprei pouca coisa, mais roupas, e isso também é uma diferença em relação à gravidez da Fernanda, como eu já sei como funciona, não estou com tanta ansiedade de deixar tudo pronto. Na gravidez dela, eu quis comprar tudo logo e no quarto mês já estava com tudo feito. Agora não, eu sei que em um mês dá para deixar tudo arrumado, então vou deixar para montar o enxoval mais pra frente. - Você quer ter parto normal ou cesariana? - Isso é uma questão de utilidade pública. O parto normal é o mais bonito, o mais saudável e é muito bacana. Talvez eu faça uma cesariana por motivos pessoais, não dá para falar e não convém agora. Eu já fiz uma cesariana, não é muito bacana, afinal você está operada. Além de você ter um bebê e os primeiros dias que são os mais difíceis, tem os cuidados da cirurgia. Já no normal, me disseram que é mais tranquilo, a mulher se sente melhor e logo está de pé e recuperada. A princípio vou fazer cesariana, mas talvez possa burlar e tentar o parto normal. Tenho pensado bastante em fazer o normal, porque vai me deixar mais esperta e pronta mais rápido, mas não sei se vai dar. Na primeira gravidez eu queria normal, mas a minha placenta estava madura e o cordão estava enrolado no pescoço da Fernanda, então fiz cesariana para o bebê não sofrer. Ela nasceu uns 15 ou 20 dias antes do previsto. - Você está ansiosa para a chegada do Gabriel? - Não fico muito ansiosa. Estou bem grávida, não é um estado que não me incomode, porque comecei a ter problemas na posição para dormir, mas gosto de estar grávida, me sinto bem. Tenho uma amiga que não gosta, acho que é porque têm algumas mulheres que enjoam muito e acabam sofrendo, eu não.

Tags relacionadas: noticia

Notícia publicada Qua, 26 Ago 2009 as 20:08, por CARAS Online.