Assine

Por CARAS Online 5 anos atrás

MAURÍCIO MATTAR: O FIM DO NAMORO

COM O FILHO, LUÃ, TAMBÉM SOLTEIRO, ELE FALA DA SEPARAÇÃO DE PAOLA

por Luciana Azevedo Afinados na música e na vida. O ator e cantor Maurício Mattar (44) e o filho, Luã (20), do casamento com a cantora Elba Ramalho (56), estão no mesmo compasso. Recémseparados, trocam confidências. Há uma semana, Maurício e a atriz Paola Oliveira (25) puseram um ponto final no namoro de um ano e meio, como ele explica em entrevista exclusiva a CARAS. Já Luã rompeu relação de sete meses, mas prefere não revelar o nome da ex. "Talvez, se a gente se encontrasse em outro tempo, no tempo da delicadeza, como diz Chico Buarque na música Todo o Sentimento, poderia ter dado certo", revela o ator, que conheceu a ex nas gravações da novela O Profeta, da Globo. "Estou em um ritmo de trabalho diferente do dela. Optamos pela separação porque o amor acabou se transformando numa amizade muito bacana", continua ele, que também é pai de Rayra (17) e Petra (13), da união com a lutadora Flávia Gracie (39) e com a atriz Fabiana Sá (40), respectivamente. O cantor, que já foi noivo da apresentadora Angélica (34) e namorou a atriz Deborah Secco (28), conta que agora quer aproveitar a solteirice com Luã. "Isso é uma coisa que nunca consegui fazer, sempre saí de uma relação e entrei em outra", explica. - Por que o namoro acabou? - Paola é uma princesa no sentido de ser uma menina de família. Ela tem personalidade, luz, é linda, religiosa, talentosa, boa atriz e ótima filha. A família da Paola, inclusive, quase brigou com ela porque terminamos. Sou apaixonado por todos. Mas a gente optou pela separação porque viramos amigos. - E mais alguma coisa inviabilizou o romance? - A falta de tempo também atrapalhou. Não posso ficar com uma pessoa que precisa de mim na hora que ela tem tempo e eu não tenho, e vice-versa. Terminei ficando muito caseiro. E uma relação que faz com que você se ausente do círculo de amizade não é legal. Quero curtir isso agora. - E não tem volta? - Tenho o maior carinho e amor por ela, como ela tem por mim. Mas a gente não pode criar expectativas e nem metas de futuro com relação ao amor. Falei para ela ter calma que as coisas vão se ajeitar e que tudo que ela precisar pode contar comigo. - Com o fim da relação, você se aproximou mais do Luã? - Percebi que está na hora de me curtir e de aproveitar esse momento com ele. Ano que vem, Luã vai para Berkeley, nos EUA, estudar música. - Como é o Maurício pai? - Tento não ser um chato, mas sou preocupado. Ligo para saber como estão, com quem andam. Mas em algum momento temos que abrir a porta da gaiola e rezar. - E especificamente com Luã? Maurício - A amizade sempre foi construída em doses homeopáticas porque ele não foi criado comigo no dia-a-dia. Mas há pouco tempo a relação passou a ficar mais saborosa. Ele conversa com mais liberdade e eu passei a perguntar coisas minhas para ele. Luã - Meu pai sempre esteve presente. E ele é jovem. Estou solteiro e ele também. Estamos saindo juntos. - O que curtem fazer? Maurício - Tocar violão e ver DVD. Além disso, vamos fazer aulas de dança de salão com o Carlinhos de Jesus. - Os dois são românticos? Luã - Ele é muito mais romântico e emotivo do que eu. Maurício- Sou mesmo. E acho que o romantismo não é brega. Breguice é quem não sabe amar. A pessoa que não mergulha 100% em tudo na vida, está deixando de viver. Já fiz milhões de loucuras por amor. Atravessei o Atlântico, por exemplo, só para fazer surpresa para a pessoa e voltei no mesmo dia porque estava gravando uma novela. - O que a mulher precisa ter para conquistar vocês? Luã - Gosto de mulheres com atitude e independência. Maurício - Atitude, brilho e força. Mas existem outras coisas que formam um kit. O andar e a elegância também me chamam muita atenção. O que não faz o meu tipo é a mulher gostosona, popozuda e com silicone. - Você pensa em se casar outra vez? - É um sonho antigo do qual não vou desistir. Mas agora estou envolvido com muitos projetos. Lancei o CD Diamantes no ano passado e estou em turnê. Vou para Angola. Além disso, assinei com a Globo até 2011, estou divulgando o filme Falsa Loura, vou começar a rodar dois longas e, em outubro, completo 30 anos decarreira. Quero fazer um documentário para registrar esse momento. - Deseja ter mais filhos? - Os três me completam. Mas quero ter mais filhos, sim. Só que, para ter filho, primeiro preciso ter a mulher (risos).

Tags relacionadas: noticia

Notícia publicada Ter, 8 Abr 2008 as 18:31, por CARAS Online.


Mais Notícias de noticia