Assine

Por CARAS Online 3 anos atrás

Mari Alexandre mãe: "Sou corujíssima"

Mãe de Záion, de 1 ano e 2 meses, Mari Alexandre fala como é o bebê, o que mais gosta em ser mãe e a relação do garotinho com o pai, o cantor Fábio Jr.

Mamãe do pequeno Záion, de um ano e dois meses, Mari Alexandre está amando a sua nova rotina: se dedicar à criação do filho, fruto do casamento com o cantor Fábio Jr.. Muito coruja, ela é só elogios ao garotinho. "Ele é superbrincalhão, tranquilo e da paz. Se dá bem com todo mundo e é uma criança bem agradável. Me considero uma supermãe e também sou preocupada", contou em entrevista ao Portal CARAS. O bebê já está andando e balbuciando as primeiras palavras, como papa, mama, água e Tatá, que é o nome de uma das irmãs mais velhas, a Tainá, filha de Fábio Jr. com Cristina Kartalian. "Ele já corre, não anda! Brinca o tempo todo, se suja, mas sempre com alguém por perto", disse. Confira trechos da conversa. - Como está a vida com o Záion? - Está uma delícia. Minha vida mudou totalmente. Está muito mais bacana do que era antes e gostoso. Cada dia algo novo acontece. Não há no mundo coisa melhor do que ser mãe. - O que mais mudou na sua vida depois do nascimento do Záion? - A minha responsabilidade. Hoje em dia eu acordo e durmo pensando nele. Eu levanto de madrugada para ver se ele está coberto, se está bem. Não posso mais sair de casa e ficar tranquila. Penso no meu filho o tempo todo. As minhas amigas já me falavam que quando você é mãe, o seu coração não é mais seu, é do seu filho. Se ele não está do seu lado, você fica pensando nele o tempo todo. - Como você é como mãe? - Sou corujíssima. Eu beijo o Záion o tempo todo, estou com ele a todo momento. Me considero uma supermãe e também sou preocupada. Estou o tempo todo olhando onde ele está, o que está fazendo, se está bem. Não sei se isso é bom, mas eu sou assim. - Você já passou por algum susto desde que ele nasceu? - Agora ele já sobe em vários lugares. Mas um dia ele subiu no sofá e caiu com a cabeça no chão, fiquei muito assustada. Foi a primeira vez que ele fez isso. Mas ele também nunca fica sozinho, ainda é muito pequeno, sempre tem alguém olhando. - Você tem algum truque ou segredinho para cuidar dele? - A gente não tem nenhum, mas ele tem o seu próprio truque. Quando ele está com soninho, fica andando pela casa com a mãozinha na orelha. E quando alguém o pega no colo, eu ou a babá, ele pega na nossa orelha também e fica segurando até dormir. Para comer também tem um segredinho. Ele só come vendo a Xuxa. O Záion está acostumado a comer na cadeirinha, não come no colo de ninguém. Colocou o DVD, ele come tudo tranquilamente, olhando a televisão e comendo. - O que você mais gosta de fazer com ele? - Tudo, estar com ele já é uma delícia. Adoramos brincar. Eu jogo ele no sofá ou na cama e ele dá gargalhada. Eu dou muito beijo na barriguinha e fico brincando, ele adora. E eu gosto quando o meu filho me abraça de manhã. Eu acordo e vou vê-lo, ele abre aquele sorriso lindo e me abraça. Não tem preço, toda mulher deveria ter apenas um filho para saber o que é isso. Só você sendo mãe para saber como é esse amor. - E ele, o que mais gosta de fazer? - Adora ficar andando no jardim aqui de casa, mexendo na grama, na terra. Adora passear. Tem vários brinquedos que gosta, principalmente carrinhos. Ele brinca de carrinho e faz até o barulhinho do motor: 'vrum-vrum'. É muito bonitinho. Ah! Ele ama carro. Não pode ver um carro que sai falando: 'cá, cá'. Isso é desde que ficou em pé, não pode ver um carro que fica gritando. Ele adora passear de carro, fica bonzinho e visualizando tudo. - O que você mais gosta em ser mãe? - Tudo. Saber que foi você que fez aquele bebê, é um sentimento muito forte. Chegar em casa e saber que tem aquela pessoinha linda te esperando. Tudo fica feliz, teus problemas acabam ali. Depois que me tornei mãe, fiquei ainda mais humana, entendendo mais o mundo. Você aprende a não dar mais bola para coisas pequenas. Também nem tenho mais tempo para me preocupar com coisas pequenas. (risos) Só vejo o canal de desenhos e os jornais para saber o que está acontecendo no mundo, o restante do tempo é ao lado do meu filho. - Há algum momento com o Záion que você sempre irá se lembrar? - Quando ele nasceu e eu o amamentei pela primeira vez. Foi um momento muito importante. O meu marido trouxe ele pra mim, o colocou no meu peito e eu escutei ele chorando. Eu também curti muito a minha gravidez. A primeira vez que ele chutou na minha barriga, eu nunca vou esquecer. -Com quem ele se parece? - Tem foto minha quando bebê que ele parece comigo. O queixo é do Fábio. E também tem fotos do meu marido pequeno que parece com ele. As pernas dele parecem com as minhas quando eu era criança, e ele tem bumbumzinho. O Záion não é a cara de nenhum de nós dois, ele é muito ele mesmo. - Como é a relação do Fábio Jr. com o filho? - É absolutamente linda. Ele sabe quando o pai está em casa, sabe o que o Fábio faz quando está aqui. Quando o pai está dormindo, ele fica batendo na porta para ficar com ele. O Záion tem uma afinidade bem grande com ele. Quando o Fábio está viajando, ele olha as fotos e chama pelo pai: 'papa, papa'. - E com os irmãos mais velhos? Eles se dão bem? - Ele é louco por todos os irmãos. Agora que o irmão (o Fiuk) está fazendo sucesso, ele fica olhando o Filipe na TV todo fissurado. E também nas revistas. Adora ficar virando as páginas, olhando o irmão e apontando. Com as irmãs também. Elas vem aqui em casa e ele adora, brinca com todas.

Tags relacionadas: noticia

Notícia publicada Sex, 7 Mai 2010 as 19:22, por CARAS Online.


Mais Notícias de noticia