Assine

Por CARAS Online

LAVÍNIA VLASAK E CELSO

ELES SE UNEM APÓS MORAR JUNTOS DURANTE 3 ANOS

Casar oficialmente nunca foi prioridade, nem mesmo um desejo de Lavínia Vlasak (31). Porém, após seis anos e meio de relacionamento, três deles dividindo o mesmo teto, a atriz se rendeu à tradição e se uniu oficialmente ao seu terceiro marido, o herdeiro da Piraquê Celso Colombo Neto (30). Antes, ela já havia vivido com o ator Jorge Pontual (42) e com o empresário Fernando Magalhães Pinto (42). "Vamos dizer que sempre tive medo de que um papel pudesse estragar a relação e, de certa forma, anular o respeito em determinados momentos. Mas o Celso me fez perder completamente esse medo. O papel não me assusta mais! Sou uma noiva tranqüila e feliz. Estou casando com o homem que eu amo, sei que ele me ama", disse ela, no Museu Histórico Nacional, após receber a bênção do pastor presbiteriano Luiz Longuini Neto (50), no sábado, 29 de setembro. "Acho bacana os noivos morarem juntos antes de casar de fato. Sabemos que a vida não é um mar de rosas, mas nos divertimos e somos felizes. Isso é o que importa. E o fato de nunca ter sonhado em casar é até uma vantagem porque me deu calma nesse momento. Quero é me divertir e estar feliz", garantiu a atriz. Para o noivo, a boda refletia o desejo de ser pai. "Oficializo a relação pela vontade de ter um filho com Lavínia, que me cativou por sua sinceridade", ressaltou Celso, que pertence a uma família que fabrica biscoitos populares e já viu o nome do clã envolvido no noticiário policial, em 2003, quando uma pessoa morreu e duas ficaram feridas após uma lancha virar quando deixava uma festa na casa dos Colombo em Angra, no litoral fluminense. A maternidade é mais um desejo que une Lavínia e Celso. Mas ela avisa que deseja aguardar um pouco. "Aprendi a não planejar tanto, mas não quero pensar em filhos até 2009, data que termina meu contrato com a Record, emissora onde estou muito feliz", acrescentou ela, de férias após Vidas Opostas. Usando vestido com corpete de zibelina de seda e saia de tule, assinado por Carlos Tufvesson (40), Lavínia chegou ao altar conduzida pelo pai, Robert Viktor Vlasak (57), ao som de Pompa e Circunstância. Segura até então, Lavínia chorou quando o noivo a beijou na altura do coração. "Eu e Celsinho adoramos música clássica. E independentemente de cerimônia ou de qualquer coisa, sempre que ouço essas canções eruditas, eu choro. Então sabia que ia ser esse piscinão de Ramos de lágrimas", disse, bem-humorada, a atriz, após o término da cerimônia, ao som da Nona Sinfonia, de Beethoven. A emoção contagiou ainda a mãe da noiva, Eugênia Maria Gutmann-com um longo verde também de Tufvesson - os sogros, os engenheiros Teresa Colombo e Celso Colombo Filho (60), e amigos como Malu Mader (41) e Tony Bellotto (47), além de Jorge Pontual, o primeiro marido de Lavínia. "Ficamos juntos por cinco anos. Depois disso, nos tornamos amigos. Também sou amigo do Celsinho. De verdade, quero que sejam felizes, por isso fiz questão de vir aqui para lhes passar energia positiva. Inclusive, falei para eles que se tem alguém aqui passando boas energias, essa pessoa sou eu", contou Jorge, que estava sem a atriz Fernanda Machado (26). O ator, que não se posicionou sobre os rumores de crise no namoro, disse apenas que Fernanda teria viajado a Maringá para visitar a família. A presença de Pontual foi bem recebida pela noiva." Sou amiga dos meus ex.Você tem encontros na vida, alguns que mudam de lugar. Ele foi meu marido. Hoje é meu grande amigo", explicou ela. Para tristeza de Lavínia, o tempo nublado não colaborou e os convidados não puderam desfrutar a visão da lua cheia, um dos motivos que a fez escolher o Museu como local das cerimônias civil e religiosa, por ser um espaço aberto. Por outro lado, os cerca de 700 convidados elogiaram a belíssima e original iluminação de Roberto Prallon (50). A decoração com lírios rosas, e rosas colombianas nas mesas, realizada pela equipe de Antônio Neves da Rocha (45), além do bolo de Glória Bonates, onde se destacavam os bonecos dos noivos esquiando, também foram louvados. "Lavínia foi muito feliz na escolha da decoração, da luz, do bufê, do vestido", ressaltou a jornalista e atriz Marília Gabriela (59), ao lado do filho Christiano Cochrane (35) - que revelou estar separado da atriz Bruna Di Tullio (25). "Já até comecei a me relacionar com outra pessoa. mas está muito no começo, não posso revelar quem é", disse Christiano, que sepultou de vez os planos de casamento com Bruna. Apesar de o tempo não ajudar, o cenário da festa encantou outros convidados como a atriz Flávia Monteiro (35) e o casal Alexandre Avancini (43) e Nanda Ziegler (25), grávida de seis meses de Enrico. "Esse lugar cheio de história e arte é lindo. Foi difícil não se emocionar quando o pastor citou grandes nomes que falaram de amor, como Pablo Neruda, Carlos Drummond e Mário Quintana", comentou Stênio Garcia (75), com sua Marilene Saade (39). Casados há 38 anos, Tony Ramos (59) e Lidiane Barbosa (57) já se acostumaram a responder a perguntas sobre o sucesso da relação. "Existe um segredo para a união eterna: felicidade. O amor muito grande não acaba nunca", ensinou ele, que após o fim de Paraíso Tropical planeja curtir duas semanas de férias em Fernando de Noronha. Depois da cerimônia, todos se deliciaram com o bufê que incluía quitutes como nhoque de mandioquinha com molho de três funghi, mix de frutos do mar com molho de baunilha e risoto de cordeiro. Depois, os noivos se esbaldaram na pista de dança. Ao som do DJ Moisés Soares, casais como Claudia Alencar (57) e Gregory Burlingame (53), Juliana Silveira (27) e Roger Gobeth (34), Letícia Colin (17) e Leonardo Miranda (30), Vera Holtz (55) e Charles Azevedo (36), Gabriel, o Pensador (33) e Ana Lima (33), Raul Gazolla (52) e Fernanda Loureiro (44) e Patrícia Werneck (27) e André Barros (42). "Me acabei de tanto dançar. Enlouqueci na pista. Tirei até a sandália e coloquei uma havaiana para ficar mais confortável", disse Regina Duarte (60), enquanto mostrava sua caricatura feita durante a festa. A atriz estava em companhia do marido, o pecuarista Eduardo Lippincott (56). A festa foi até o sol raiar. Os noivos foram os últimos a sair, às 5h39. Em uma BMW enfeitada com latas e pintada com os dizeres "love" e "Just Married", além de corações, Lavínia e Celso foram para o Hotel Copacabana Palace, onde passaram núpcias. Na segunda-feira, dia 1o, os noivos embarcaram em lua-demel. Vão passar duas semanas viajando por cidades européias como Saint-Tropez e Roma. FOTOS: FELIPE PANFILI, GEORGE MARAGAIA E MARCIO NUNES

Tags relacionadas: noticia

Notícia publicada Ter, 2 Out 2007 as 16:27, por CARAS Online.


Mais Notícias de noticia