Assine

Por CARAS Online 2 anos atrás

Camarão-rosa


Da classe dos crustáceos, o camarão-rosa, também chamado “pistola” ou “pistola rosa”, engloba três espécies. A Farfantepenaeus brasiliensis e a F. paulensis são comuns em quase todo o Brasil, enquanto a Farfantepenaeus subtilis ocorre mais na Região Norte. Apesar de o País produzir 20000 toneladas de camarão-rosa em cativeiro, é um dos principais produtos pesqueiros do Sudeste e do Sul. Mas anualmente a pesca do crustáceo é proibida por alguns meses. No Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina não se pesca entre março e maio; já no Espírito Santo, entre abril e maio e de novembro a janeiro. Isso é necessário para reequilibrar o estoque, já que a captura desse camarão é intensa e sua população nos mares do Sudeste e do Sul está em declínio. Nesses períodos, o abastecimento do mercado é feito com os estoques do produto congelado e limpo e o proveniente das criações em cativeiro. Os camarões são uma fonte de proteínas de ótima qualidade biológica, com a vantagem de ser pobres em gorduras. Pesquisas recentes mostram que não há ligação entre altas taxas de colesterol e o consumo de frutos do mar. A elevação dos níveis da substância está ligada mais ao consumo de gorduras saturadas encontradas nas carnes bovinas, suínas, aves e laticínios gordurosos do que de alimentos ricos em colesterol, mas pobres em gordura, como é o caso dos crustáceos. Os camarões-rosa têm carne macia, de massa homogênea, perfeita para o preparo de saladas, pratos com molho ou receitas de arroz ou massas. Podem ainda ser fritos, assados, empanados ou servidos crus em sushis e como carpaccio. Entram, enfim, em risotos e em muitos pratos com frutos do mar.

Saúde
É bom para

Pessoas de todas as idades, sobretudo para aquelas que necessitam de mais proteínas, porque são ricos nessas substâncias, além de ser de fácil digestão, já que têm pouca gordura.

É ruim para
Quem tem alergia a frutos do mar — essas pessoas devem evitá-los, pois são histamino-liberadores, em especial se não estiverem bem frescos, podendo causar urticárias na pele.

Ficha técnica
100 g de camarão-rosa cozido contêm:
Calorias - 99
Proteínas - 20,8 g
Gordura - 1,08 g
Colest. - 195 mg
Vit. B12 - 1,48 mcg
Niacina - 2,58 mg
Folacina - 3,5 mcg
Vit. D - 3,58 mg
Vit. E - 1,7 mg
Cálcio - 39 mg
Ferro - 3,08 mg
Magnésio - 34 mg
Fósforo - 137 mg
Potássio - 182 mg
Selênio - 64 mcg
Sódio - 223 mg
Zinco - 1,56 mg

Como se escolhe
Pode ser encontrado fresco ou congelado nas peixarias ou supermercados. Tem cheiro suave de maresia e corpo curvado. De março a maio, o camarão-rosa encontrado no mercado ou é fresco e vem de cativeiro, ou está congelado, ou foi descongelado e é vendido como fresco. É melhor, nessa situação, comprá-lo congelado. Se comprar fresco nas peixarias, certifique-se de que não foi descongelado. Se é este o caso, use logo e não volte a congelar. No caso do congelado, preste atenção na temperatura em que é mantido, que deve ser de 18 graus negativos. Embalagem com cristais de gelo no interior indica descuido no congelamento e/ou no armazenamento.

Minha receita
Teppanyaki 

Ingredientes (para 4 porções): 8 camarões-rosa grandes limpos e pré-cozidos, 2 tentáculos de polvo limpos, também pré-cozidos e picados, 8 anéis grossos de lula limpos e pré-cozidos, 8 vieiras médias limpas e pré-cozidas, 1 col. (chá) de hondashi (concentrado de peixe, geralmente bonito, em pó ou em flocos), 1 col. (chá) de glutamato monossódico, 1 col. (chá) de sal, 1 col. (sopa) de óleo de soja, 2 col. (chá) de alho descascado e amassado, 2 cenouras médias bem higienizadas, lavadas e picadas em tiras finas, 2 cebolas pequenas descascadas e picadas em rodelas, buquês de 1/2 brócolis bem higienizados, lavados e secos, 12 vagens-macarrão higienizadas e partidas em três partes, 4 col. (sopa) de manteiga sem sal, 150 ml de saquê mirim, arroz branco e missoshiru (sopa de caldo de peixe e pasta de soja fermentada).


Modo de preparo: Ponha o camarão, o polvo, a lula e as vieiras numa tigela. Tempere-os com o hondashi, o glutamato monossódico e o sal. Reserve. Aqueça metade do óleo de soja numa frigideira. Junte o alho, mexa bem e refogue. Coloque as vieiras, mexa e refogue, salteando de vez em quando, por cerca de 1 min. Retire do fogo. Reserve. Noutra frigideira, aqueça o óleo restante. Ponha as tiras de cenoura, as rodelas de cebola, os buquês de brócolis e as vagens. Vá refogando até que fiquem AL dente. Retire a frigideira do fogo e reserve. Passe a manteiga numa chapa de ferro. Grelhe nela os frutos do mar: primeiro o camarão, em seguida o polvo, depois a lula. Tampe e cozinhe por mais 5 min. Regue com o saquê e retire imediatamente do fogo. Ponha num prato aquecido (o mesmo efeito de servir na chapa de ferro) os frutos do mar e os legumes. Sirva acompanhados do arroz branco e do missoshiru.v
 

Tags relacionadas: Cozinha Caras | Teppanyaki | noticia

Notícia publicada Qua, 21 Set 2011 as 12:50, por CARAS Online.


Mais Notícias de noticia