Assine

Por Renan Botelho 1 ano e 3 meses atrás

'Rouge não vai voltar, mas irá celebrar o sucesso desta história linda', diz a cantora Karin Hils

Em entrevista à CARAS Online, Karin Hils conta tudo sobre o retorno do Rouge e promete uma nova música para os fãs do grupo

Há dez anos, Silvio Santos (81) lançava no SBT a versão brasileira do reality show neozelandês Popstar, com a missão de encontrar cinco garotas capazes de cantar e dançar, para formar uma girl band. O resultado foi um grupo chamado Rouge, que vendeu dois milhões de cópias do disco de estreia e emplacou hits chicletes, como Não Dá Pra ResistirRagatanga, a 'Macarena da geração 2000'. 

A girl band sobreviveu por mais três anos e se separou, sem turnê de despedida. Mas agora Karin Hils (32), Aline Wirley (30), Fantine Thó (33) e Lissah Martins (28) planejam voltar ao estúdio para lançar mais uma música e ensaiar um último show.

“O Rouge não vai voltar, mas vai celebrar o sucesso desta história que foi linda”, conta Karin à CARAS Online. “Há 15 dias eu fui procurada pelo Rick Bonadio (produtor musical), que me fez uma proposta para participar de um episódio de um reality show que ele irá lançar no Multishow, quando ele irá acompanhar artistas no estúdio de gravação. Ele queria o Rouge e eu embarquei na ideia”, diz.

Karin combinou com Bonadio que ela ficaria responsável por procurar as ex-integrantes e ele iria atrás dos donos da marca Rouge e dos direitos autorais das músicas. “Então, eu pensei ‘se vamos fazer mais uma música, por que não fazer mais um show?’. Nós não conseguimos dizer tchau para o nosso público quando acabou, achei que seria justo e o Rick adorou a ideia”, fala.

Aline e Lissah, que na época do grupo se chamava Patrícia, aceitaram na hora. “A Fantine foi mais complicada, porque ela mora na Holanda, tem uma filha e uma carreira lá. Mas ela topou”, declara. Já Luciana Andrade (34), que abandonou o Rouge em 2004, nem cogitou a possibilidade. “O convite foi feito, e ela não aceitou fazer. A Luciana nunca se identificou com as nossas músicas e ela continua não se identificando. A gente sempre respeitou esta posição dela”, afirma.

As meninas - com exceção de Fantine, que participa de reuniões via Skype - estão se encontrando com Bonadio para discutir o projeto. A reunião efetiva da banda começa em novembro, quando o reality do Multishow será gravado. O show e a nova música ainda não têm previsão para sair do papel. “Nem começamos a compor, isso tudo vai acontecer durante as gravações”, explica.

Para aceitar retornar ao Rouge, Karin teve que pedir permissão a Miguel Falabella (56), que a dirige no musical Alô, Dolly!, em cartaz no Rio. Os dois também vão começar a gravar juntos a série Pé na Cova, que estreia em janeiro na Globo. “O Miguel me deu o maior apoio e super me incentivou”, revela a cantora, que será uma vendedora de cachorro-quente do cemitério do Irajá, com uma irmã gêmea branca na produção. “Nem sabia que isso podia acontecer, mas fui pesquisar e vi que existem vários casos. Vai ser muito engraçado. As irmãs vão ter um caso com o Russo, que é o personagem do Miguel”, diz.

Assista ao clipe de Ragatanga, do Rouge:

Tags relacionadas: Rouge | Karin Hils | Rick Bonadio | nacionais

Notícia publicada Qua, 17 Out 2012 as 20:13, por Renan Botelho.


Mais Notícias de nacionais