Animada disputa de dança agita a Ilha de CARAS

Assine

Por CARAS

Animada disputa de dança agita a Ilha de CARAS

Empolgação na gincana do badalado game Just Dance 2017

Uma divertida competição de dança com o badalado game Just Dance mobilizou famosos e marcou uma das badaladas noites durante a temporada 2017 da Ilha de CARAS, em Angra dos Reis, litoral fluminense. A ideia da competição foi da cantora Daya Luz (25), uma das poucas brasileiras a ter uma música sua na nova versão do jogo de sucesso entre todas as gerações. “A música e a dança são capazes de unir as pessoas, desde crianças até os adultos. Nada melhor do que finalizar este dia tão gostoso na Ilha com essa divertida disputa”, diz Daya. Apaixonados por games, ela e o marido, o empresário Alessandro Bomfim (39), e a enteada dela, Valentina (7), fizeram demonstração com a música Te Dominar, composta em três dias por Daya para integrar o produto. “Sempre fui alucinada por videogames e nunca me imaginei passando para o outro lado da tela. Essa é a canção da minha vida”, comenta a paulista radicada no Rio.

Convidados como a cantora e atriz Fabi Bang (32), os atores Leonardo Franco (52), Pâmela Tomé (23) e Danilo Timm, as modelos Mariana Coldebella (24) e Camila Travaglini (27), a cantora Samille Joker (33), além da jornalista Cidinha Santos (32) e do stylist Gabriel Fernandes (26), se dividiram em duplas para o início da competição e escolheram as músicas que iriam fazer a coreografia proposta pelo jogo para ver quem conseguiria maior pontuação. 

Incentivado pelas filhas, Valentina (10), de relação anterior com a atriz Cláudia Lira (51), e Maria Flor (4), da união atual com Maria Griffith (32), e pelo enteado, Gabriel (10), Leonardo Franco se empolgou com a coreografia de Whats Is Love, de Haddaway, ao lado da amada. “Foi um King Kong enorme, mas o que a gente não faz pelos filhos, não é mesmo?”, brinca o ator, que foi classificado para a semifinal, em relação ao mico que diz ter pagado ao se aventurar no living.

Estrela dos musicais e no ar na novela global das 7, Rock Story, Fabi Bang dançou ao lado do amigo Danilo Timm a música Sorry, do astro internacional Justin Bieber, e acabou sendo classificada também. “Nunca brinquei disso e estou achando muito divertido, mas é muita pressão ter de imitar a coreografia como na TV”, comenta Fabi, a Glinda da versão brasileira do musical Wicked, que esteve em cartaz até dezembro de 2016.

O sucesso Hips Don’t Lie, de Shakira (40), foi a música escolhida pela dupla Pâmela Tomé e Samille Joker. “Achei a música difícil de dançar, pois a coreografia é bem complexa. Se fosse só rebolar, teria ganho”, comenta Pâmela, aos risos. A atriz, no ar na trama global das 6, Sol Nascente, perdeu a disputa para Samille, que integra a banda Little Nation ao lado de Rique Azevedo (42), marido de Fabi Bang. “Esse torneio está rendendo boas gargalhadas. Adorei e me diverti demais”, celebra Samille.

A semifinal e a final da competição foram ao som de Te Dominar. Mariana Coldebella e Fabi disputaram o prêmio maior, um Xbox personalizado com imagens de Daya no jogo. Aliás, a nova promessa da música pop dançou junto das meninas nesse momento da acirrada disputa. Com 50 pontos de diferença, Mariana venceu o torneio. “Fiz balé quando criança, mas não sabia que dançava assim. Sou magrela, alta e não pensava que iria vencer. Vi todas as meninas com o maior gingado e achava que elas iriam ganhar. Foi demais, uma grata surpresa”, festeja a modelo com o amigo Gabriel Fernandes, derrotado por Mari logo no começo da noite. “Dei o melhor de mim na coreografia de Worth It, do grupo Fifth Harmony, mas perdi para a Mari. Fico feliz que ela tenha vencido”, celebra Gabriel.

Tags relacionadas: Justin Bieber | Shakira | ilha-de-caras

Notícia publicada Dom, 12 mar 2017 as 09:03, por CARAS.






Mais Notícias de ilha-de-caras