Assine

Por CARAS Online

A atriz Jeniffer Nascimento revela planos musicais e fala sobre subir ao altar

De férias da TV, atriz diz que se dedicará à música e quer se casar em 2019

Nas últimas semanas, Jeniffer Nascimento (24) tem falado que o namorado, o ator Jean Amorim (23), fez a sua cabeça, literalmente. Foi o ator o responsável por sua mudança radical de visual após a novela Pega Pega, que chegou ao fim em janeiro. Ela trocou o cabelo black pelo twist, uma técnica semelhante ao dread. “Ele aprendeu em um tutorial na internet. Foram oito horas de trabalho. Isso que é prova de amor”, vibrou. E, foi assim, toda orgulhosa, que ela exibiu as madeixas ao desembarcar na Ilha de CARAS.

A nova cabeleira marca também o atual momento profissional. Jeniffer quer investir na carreira de cantora este ano. “O público pede. É o meu lado artístico que também gosto. Já tenho músicas, mas não gravei”, contou ela, que foi integrante do grupo Girls, em 2013, e atuou nos musicais Peter Pan, Castelo Rá-Tim-Bum, Hairspray, Mamma Mia, Hair, New York, New York e Divas.

– Cabelo black, agora aderiu ao twist... É uma forma de exaltar a cultura negra?

– Usei muita química a vida toda, sempre tentei me adequar aos padrões. Depois de colocar tranças e assumir o cabelo black, me senti muito mais de verdade do que antes. Assumir meus cabelos naturais foi primordial para mim. E hoje amo exaltar nos meus cabelos e no meu estilo a cultura afro.

– Você e Jean namoram há três anos, já moram juntos... Quando sai o casamento?

– Sempre brinquei com a minha mãe, Sandra Nascimento, que antes de casar iria fazer o test drive. Uma coisa é conhecer a pessoa; outra é conviver de fato com alguém. Nos damos muito bem. Somos muito amigos, parceiros, fazemos tudo juntos. Gostamos de viajar, de andar de patins. Um compra as ideias do outro. Temos planos de comprar o apartamento primeiro. Precisamos ter um cantinho. Nossa meta este ano é comprar um apartamento para, então, casar no ano que vem.

– Acredita que é uma felizarda por ser tão nova e já ter encontrado uma pessoa tão especial?

– Era muito para ser esse nosso encontro. Eu sou de um estado, São Paulo, e ele de outro, Salvador. Fomos para o Rio para fazer Malhação em 2014 e nos encontramos. Já tinha passado por outros relacionamentos e ele também. Apesar de sermos novos, vivemos muita coisa. Pensamos um pouco diferente da galera da nossa idade. Enquanto os meus amigos estão na balada, amo ficar em casa fazendo maratona de série.

– Aos 8 anos já trabalhava. Foi bom para você?

– Foi um sacrifício. Comecei a estudar teatro com 5 anos. Foi uma coisa pedida por mim. Tive que abrir mão de algumas coisas. Final de semana, por exemplo, que tinha festa do coleguinha da escola, não podia ir. Durante anos, fiquei fazendo dever de casa no metrô. Tudo tem um sacrifício. Tudo tem um preço. Mas sempre quis pagar este preço.

– Desde cedo também teve que lidar com a boa forma... Como você vê isso?

– Me envolvo com os meus papéis. Durante a novela Êta Mundo Bom!, em 2016, tinha muita cena de comida. A Dita, minha personagem, engravidou e comecei a comer muito. Engordei uns seis, sete quilos. De Malhação até Êta Mundo Bom! foram oito quilos a mais. Para mim, é gritante. Ganho logo no rosto. Aí entrei na dieta zero açúcar, carboidrato só no café da manhã... Emagreci seis quilos em dois meses e meio. Hoje estou com 58 kg distribuídos em 1,64m de altura. Mas foi muita determinação. 

Tags relacionadas: ILHA-DE-CARAS

Notícia publicada Seg, 5 mar 2018 as 06:03, por CARAS Online.