Vencedora de um Oscar por 'Preciosa', Mo'Nique culpa Oprah Winfrey por seu 'sumiço' no cinema

Assine

Por CARAS Digital

Vencedora de um Oscar por 'Preciosa', Mo'Nique culpa Oprah Winfrey por seu 'sumiço' no cinema

Mo'Nique, que venceu um Oscar por 'Preciosa', fez um desabafo em um stand up e disse que Oprah Winfrey, Tyler Perry e Lee Daniels foram responsáveis por boicotá-la na indústria do cinema

A atriz Mo'Nique, de 49 anos, que ganhou um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme Preciosa (2009), falou sobre seu sumiço dos filmes de Hollywood durante um show de stand up, em Nova York. Durante seu discurso, ela atacou a apresentadora Oprah Winfrey, o produtor Lee Daniels e o diretor e roteirista Tyler Perry.

Segundo Mo'Nique, os três - que produziram filmes de sucesso em Hollywood - são responsáveis por terem feito com quem ninguém mais quisesse trabalhar com ela. "Obrigada, Sr. Lee Daniels. Obrigada, Sr. Tyler Perry. Obrigada, Sra. Oprah Winfrey. Eu sei que eles amam falar 'Mo'Nique, você fala demais'. Mas iria me matar não dizer a verdade. Vocês não estão me pagando igual, vocês não estão me tratando do jeito justo", disse a atriz, que continuou a frase com palavras de baixo calão direcionadas ao trio.  

Mo'Nique acredita que Oprah, Daniels e Perry espalharam na indústria cinematográfica que ela era difícil de trabalhar. Em uma entrevista dada em fevereiro de 2015, Mo'Nique disse que tinha sido chamada para trabalhar no filme O Mordomo da Casa Branca (2013), mas o seu papel ficou com Oprah depois que 'alguém votou contra' sua participação devido a sua 'fama difícil'. Ela também teria sido chamada para participar da série Empire, mas foi recusada por um dos envolvidos na produção. 

Mo'Nique e Lee Daniels se desentenderam pela primeira vez na divulgação do filme Preciosa, quando a atriz se recusou a fazer campanha para sua indicação ao Oscar. Daniels, que produziu o filme, chegou a dizer que ela 'não soube jogar o jogo'. 

Tags relacionadas: Mo'Nique | cinema

Notícia publicada Ter, 16 mai 2017 as 10:05, por CARAS Digital .






Mais Notícias de cinema