'Power Rangers' se torna o primeiro filme de super-herói com uma protagonista LGBTQ

Assine

Por CARAS Digital

'Power Rangers' se torna o primeiro filme de super-herói com uma protagonista LGBTQ

Ranger amarela, vivida pela cantora Becky G, irá questionar a própria sexualidade no filme

Um pequeno trecho do filme Power Rangers, que estreia nesta semana nos cinemas, deve entrar marcar a história dos filmes de super-heróis. De acordo com o diretor Dean Israelite, a ranger amarela Trini, interpretada pela cantora Becky G, irá questionar a sua sexualidade em uma das cenas, deixando claro que sente atração por pessoas do mesmo sexo. 

Sendo assim, Power Rangers torna-se o primeiro filme de super-heróis, com um personagem LGBTQ como protagonista. A informação é do The Hollywood Reporter. 

Segundo a publicação, durante um determinado do filme, Trini será questionada pelos amigos se ela está tendo problemas de relacionamento com garotos, mas ela irá chegar a conclusão que está tendo problemas com 'garotas'. 

O diretor disse que é um momento pequeno, mas importante. "Para Trini, ela realmente está questionando muito sobre quem ela é. Ela ainda não se descobriu por completo. O que eu acho ótimo sobre essa cena e o que ela sugere para o resto do filme é 'está tudo bem'. O filme está dizendo 'está tudo bem' e todas as crianças podem se empoderar de quem elas são e encontrar a própria tribo", contou. 

 

1 Month!!! Also, catch you at Mall Of America on March 3rd!!!

Uma publicação compartilhada por B (@iambeckyg) em

Tags relacionadas: cinema

Notícia publicada Seg, 20 mar 2017 as 15:03, por CARAS Digital .






Mais Notícias de cinema