Assine

Por Juliana Cazarine 1 ano e 3 meses atrás

Aprenda a usar cores na decoração da sua casa

Pintar apenas uma parede, criar um ambiente de uma só cor em vários tons e alegrar espaços brancos com detalhes coloridos são alternativas para aplicar as cores que você mais gosta em casa. Veja as dicas

As cores têm o poder de despertar sentimentos e sensações de prazer ou até mesmo causar reações desagradáveis. Quem é que fica imune, por exemplo, à alegria proporcionada por um céu azul-claro? Quando levadas para a decoração de ambientes, as cores podem dar vida e conferir um estilo próprio ao espaço. Talvez por isso a escolha dos tons e a maneira como serão aplicados provoquem dúvidas. Confira as nossas dicas e inspire-se.

 

Apenas uma parede

Pintar ou aplicar revestimento em apenas uma parede com uma cor diferente das demais no mesmo ambiente é uma alternativa moderna para dar um toque colorido ao espaço. Para não errar, use a regra: as cores têm que combinar. “Para saber se os tons escolhidos combinam, coloque um ao lado do outro e compare”, sugere o arquiteto Antônio Ferreira Jr. Ao contrário do que se imagina, duas cores fortes ou vibrantes podem ser combinadas nas paredes de um mesmo ambiente e, segundo o arquiteto, “é mais bonito”. “A diferença muito grande entre tons, quando uma parede é escura e as outras são claras, pode ser agressiva”, completa.  

 

Para quem quiser aderir à técnica, Antônio sugere as combinações “pink com laranja, verde musgo com turquesa e laranja escuro com azul-marinho”. É importante que a cor principal, que estará em apenas uma parede, seja repetida em outro detalhe do ambiente. “Se você usar azul na parede em destaque, por exemplo, o ideal é que a roupa de cama ou um quadrinho pendurado na outra parede repitam a cor azul”, recomenda o arquiteto.
 

Ambiente monocromático

Quando as paredes do espaço têm a mesma cor, assim como a cortina e os móveis, a dica para dar “vida” ao ambiente é usar a criatividade com acessórios coloridos. “Seja um lugar de tom claro ou escuro, os objetos podem neutralizar o espaço e criar uma decoração harmoniosa”, aconselha Antônio. Para quem não abre mão da cor única, também existe opção. “Dá para criar uma decoração degradê, na qual todo o ambiente será da mesma cor, mas ela aparecerá em intensidades diferentes”, afirma.  

 

Decoração versátil

Engana-se quem pensa que um ambiente com paredes brancas e móveis de tons claros é “sem graça”. Na verdade, o espaço pode ser bem mais divertido do que parece. “Para dar um toque de cor ao ambiente claro, basta trocar as almofadas e as molduras dos quadros, além de outros acessórios simples, como porta-retratos”, sugere o arquiteto. “Dá para ter uma ‘decoração’ diferente toda semana”, completa.

 

Cor feminina

A cor rosa está diretamente relacionada ao universo feminino. Por isso, existe receio em usá-la em ambientes comuns da casa. Mas, além de o conceito de “cor de mulher” não ser uma regra que impede o uso, existem alternativas para aplicar o rosa de maneira mais sóbria. “Para espaço não ficar ‘infantil’, os tons de rosa com pigmentação preta são os mais indicados”, diz Antônio. Antes de escolher a tinta, o papel de parede (saiba aqui como usar papel e adesivo de parede) ou os objetos cor-de-rosa, avalie a compatibilidade com as demais cores e itens do ambiente.

 

Dica: teste sua cor

Para evitar arrependimentos, os testes são importantes. Existem sites que disponibilizam recursos para o usuário “pintar” as paredes de casa e ter uma projeção do resultado final. É possível também fazer testes de cores nas próprias paredes, com versões de latas de tinta em quantidade reduzida. Mas, quem optar pelo papel ou adesivo de parede, pode comparar a peça com uma amostra das demais cores predominantes no espaço.


Por Juliana Cazarine 

Tags relacionadas: decoração | Decoração - Dicas | cores de tinta | blog

Notícia publicada Qua, 3 Out 2012 as 17:53, por Juliana Cazarine.


Mais Notícias de blog