Assine

Por Juliana Cazarine 1 ano e 5 meses atrás

Mãe da noiva: dicas para acertar no vestido

Lucas Anderi, o estilista à frente da Cymbeline e da Rosa Clará no Brasil, fala sobre o tecido, o corte e o comprimento ideais para o figurino da mãe da noiva

Engana-se quem pensa que, em um casamento, todos os olhares voltados para o altar são para a noiva. Certamente, ela é a estrela do momento, mas todas as mulheres presentes despertam a curiosidade das convidadas, que esperam ver lindos vestidos, principalmente o da mãe da noiva. Portanto, o processo de escolha desse look exige consultoria profissional para que todos os cuidados necessários sejam tomados e que o vestido seja adequado à idade, ao estilo da cerimônia e da própria mulher.



E por falar em ajuda de quem entende do assunto, conversamos com o estilista Lucas Anderi, sócio das filiais brasileiras de duas grandes grifes internacionais para noivas, a Cymbeline e a Rosa Clará. Ele esclarece as dúvidas e conta tudo o que a mãe da noiva precisa saber antes de escolher seu vestido.


Qual é o tempo necessário para escolha do vestido?

Depende. Se a mãe já tem em mente o que deseja usar, pode começar a procura com até um mês e meio de antecedência do casamento. É o tempo necessário para alugar a peça.

 

Em menos de dois meses, dá para fazer as provas necessárias? Aliás, quantas são indicadas?
Tranquilamente. São necessárias duas provas no máximo: uma inicial, para identificar os ajustes, e a final, quando o vestido está adequado ao corpo dela.



Quais são os tecidos mais indicados?
Não existe tecido mais indicado. Existe o tecido certo para a ocasião certa. Se for inverno, a mãe ou madrinha podem abusar dos tecidos mais grossos ou fazer sobreposições para driblar o frio. Se for um período quente, os melhores tecidos são os leves ou com transparência, por exemplo.

 

Quais são o comprimento e o modelo ideais?

A minha primeira sugestão para as mães sempre vai ser o longo. Caso a cerimônia seja mais informal e descontraída, indico um longuete. Já o corte, o modelo do vestido deve  valorizar o shape [silhueta] do corpo.

 

O que deve ser evitado por mulheres mais velhas?

O ideal é que a mãe não escolha nada que vá brilhar ou aparecer mais do que a noiva. O decote em excesso, na frente ou nas costas, por exemplo, pode ser um erro. Seguindo essas “regras” é muito simples ficar dentro da margem de segurança e não errar.

 

Quais são os melhores modelos para casamento de manhã, à tarde e à noite?

Para casamentos realizados de manhã, os modelos mais curtos e de cores claras são os mais indicados. Durante a tarde, por exemplo, não são aceitas cores escuras. Quanto aos modelos, o longuete é o ideal, ou ainda um longo se o casamento for realizado no final da tarde. Para casamentos à noite, é imprescindível seguir o dress code.

 

Você tem alguma dica especial?
Pecar pelo capricho é um bom pecado.

 

Por Juliana Cazarine

Tags relacionadas: casamento - festa | Vestidos | blog

Notícia publicada Seg, 20 Ago 2012 as 17:21, por Juliana Cazarine.


Mais Notícias de blog