Por Luiza Camargo 10 dias atrás

Bicicleta ergométrica ou esteira elétrica: qual é o melhor equipamento de academia?

Principais aliados das pessoas na hora de malhar, estes dois aparelhos têm benefícios e riscos para o corpo humano, principalmente quando estão em academias de prédios que não têm manutenção. Confira as dicas de uma personal trainer e faça um bom treino!

Quando pensamos em academia logo vem à nossa cabeça a imagem de uma esteira elétrica ou de uma bicicleta ergométrica.  Estes aparelhos são os mais tradicionais e fáceis de encontrar em uma sala de ginástica e também são os preferidos do público que gosta de queimar calorias.

Mas, muitas pessoas, principalmente aquelas que fazem academia no próprio prédio, não sabem qual dos dois equipamentos é melhor e quais são seus riscos. Segundo a personal trainer Carine Leonardi, ambos têm prós e contras.

+Bella Falconi perdeu a barriga saliente e se transformou em um fenômeno fitness. Veja como!

+Ex-gordinha, blogueira conta como emagreceu 33kg e conquistou uma barriga tanquinho!

+Em forma aos 40 anos! Descubra quais são os exercícios físicos de Sofía Vergara

O benefício da bicicleta ergométrica é que ela é mais confortável. Como as pessoas pedalam sentadas, não existe um impacto para os joelhos nem para as costas, por isso é mais seguro. Já a esteira é mais versátil, você consegue mudar e aperfeiçoar melhor o treino, mas a desvantagem é que os riscos são maiores, já que o impacto da corrida e da caminhada pode machucar os pés, joelhos e coluna”.

A esteira elétrica pode não ser tão segura, mas ela ganha em outro fator.

Quem corre na esteira tem um gasto calórico maior. Geralmente é de 520kcal por hora. Já a bicicleta é de 400kcal por hora. Mas, quem quer começar a praticar exercícios aeróbicos e não sabe por onde iniciar, recomendo que escolha a bicicleta, pois tem muito menos impacto e riscos de lesões”, afirma a especialista.

Contudo, antes de “pegar pesado” na malhação, é necessário  que se faça uma avaliação física com um personal trainer e, aqueles que usam a sala de ginástica do prédio, devem ficar atentos com a manutenção e qualidade dos aparelhos.

É preciso de um cuidado redobrado na academia dos prédios. Há riscos de lesão se os aparelhos tiverem ruins, enferrujados ou com peças soltas. Além disso, para que se faça a execução correta de um exercício, com conforto e segurança, a pessoa precisa de um acompanhamento especial e uma orientação médica, se não esta se sente confusa com a freqüência e a intensidade do treino”.
 

Tags relacionadas: Academia | Bicicleta | Exercício Físico | bem-estar

Notícia publicada Seg, 6 Jan 2014 as 14:35, por Luiza Camargo.


Mais Notícias de bem-estar