Saiba tudo sobre a cirurgia plástica que diminui a bochecha

Assine

Por Luiza Camargo

Saiba tudo sobre a cirurgia plástica que diminui a bochecha

Conhecida como bichectomia, a operação é indicada para pessoas que estão incomodadas com o tamanho das bochechas por engordarem ou deixarem o rosto infantil. Cirurgião plástico especialista na técnica fala sobre o procedimento; confira

Você é uma pessoa que fica incomodada com suas bochechas? Acha elas muito gordinhas? Bom, por incrível que pareça, há uma solução estética para este incômodo.
Pouca gente sabe, mas existe a bichectomia, uma cirurgia plástica que tira a gordura das bochechas e as deixa mais finas, criando a sensação visual que a pessoa está mais magra.

+Plásticas no nariz precisam harmonizar o rosto e podem ser perigosas em alguns casos. Saiba tudo sobre rinoplastia!

Um dos poucos médicos que realizam a operação no Brasil, o cirurgião plástico Dr. Eduardo Kanashiro, em entrevista à CARAS DIGITAL, comentou como fica o resultado deste procedimento e qual é o tratamento pré-operatório indicado às pessoas que pretendem diminuir as bochechas pela cirurgia estética.

-> Como é feita a Bichectomia? Precisa ter um pré-operatório? Deixar de comer alguma coisa, fazer algum tipo de tratamento?
É a retirada da Bola de Bichat (corpo adiposo bucal), que é uma gordura existente na face e, quando aumentada, pode dar um aspecto arredondado ao rosto. A cirurgia é feita por uma pequena incisão dentro da boca, com anestesia local, com ou sem sedação. A duração do procedimento é de aproximadamente 40 minutos e a recuperação semelhante à extração de um dente do siso. A avaliação pré-operatória é composta de exames de sangue e cardiológicos - como em toda cirurgia - e muitas vezes também pode ser solicitada uma tomografia para avaliar o tamanho da gordura a ser retirada e se há algum outro fator que contribua para o aumento da bochecha. Não é necessária nenhuma dieta especial antes da cirurgia.

-> Quando é indicado este tipo de cirurgia? Não há o risco do resultado ficar artificial?
A cirurgia é indicada para pessoas que não estão satisfeitas com o formato arredondado do rosto. Algumas pessoas bochechudas se queixam de passar a imagem de uma personalidade mais infantil, outras de parecerem  mais gordas do que realmente são e há ainda quem queira uma face mais sensual. Todas essas são candidatas à cirurgia, desde que haja a correta avaliação do médico especialista. O resultado pode ficar artificial caso o cirurgião não tenha muita experiência e retire uma quantidade maior do que o necessário".

-> Meninas jovens podem fazer este procedimento? É indicado a partir de qual idade e até quantos anos?
A partir do final da puberdade, o(a) jovem já pode ser um candidato(a) a uma avaliação médica. Só o profissional, após essa consulta, poderá dizer se o procedimento já estaria indicado ou se seria melhor aguardar mais um pouco. Não há limite de idade para a realização da cirurgia, desde que não haja contra-indicações clínicas. Porém, se houver uma flacidez de pele concomitante à bochecha volumosa, provavelmente será necessário um lifting associado para um melhor resultado.

-> A textura da pele, ou a qualidade, pode ser modificada com essa operação?
A bichectomia não interfere na qualidade ou textura da pele propriamente dita, mas a gordura removida pode deixar de preencher uma pele mais flácida que antes estava esticada por ela. Quando isso tiver a chance de ocorrer, indico um lifting associado.

-> Quem fez a operação e gostou do resultado fala o quê? Que aparenta estar mais magra, mais jovem?
Todos os paciente ficaram muito satisfeitos. Há paciente que não tinha perfil em redes sociais por vergonha das bochechas e hoje em dia não se cansa de postar selfies. Os comentários geralmente dizem respeito ao aparente emagrecimento, pois o rosto mais fino dá a impressão que a pessoa está mais esbelta, apesar de estar com o mesmo peso. É interessante como a cirurgia das bochechas pode mudar a vida de pessoas que viveram tanto tempo complexadas com a aparência e não sabiam que o problema tinha solução.

-> Pode trazer algum problema para se alimentar?
Não, alimentação normal.

 

Tags relacionadas: Cirurgia plástica | Pele | beleza

Notícia publicada Qui, 2 Out 2014 as 13:06, por Luiza Camargo.




Mais Notícias de beleza