A plenitude da mamãe Karina Bacchi: "Presente da vida"

Assine

Por Adriana Trujillo

A plenitude da mamãe Karina Bacchi: "Presente da vida"

Grávida de produção independente, a musa fala da espera pelo filho

Os acontecimentos na vida de Karina Bacchi (40) não saíram como ela imaginava. A apresentadora e atriz queria casar para então formar sua família e realizar o tão sonhado desejo de ser mãe. Porém, o eleito, o publicitário Sérgio Amon (55), sempre deixou claro que não queria ter mais filhos. Karina foi levando a situação, com fé que ele mudasse de ideia, até descobrir um problema nas trompas que a impossibilitaria de engravidar pelas vias normais. Foi aí que a ficha começou a cair. “Minhas médicas me alertaram de que eu não poderia mais adiar a gravidez e decidi ter uma conversa definitiva com ele. Nos separamos e fui atrás da realização do meu grande sonho”, conta a musa fitness, que decidiu fazer fertilização in vitro e escolheu doador de um banco de sêmen internacional. “Foi uma decisão muito pensada, fruto de oração, pés no chão, consciência e amor. Sou muito família e tenho certeza de que ela estará completa um dia”, diz ela, que está grávida de quatro meses. “Optei por um doador com características físicas parecidas com as minhas”, ressalta durante dias de relax no Pratagy Beach All Inclusive Resort, em Maceió.

– A gestação está sendo como você imaginava?

– Por mais que ouvisse de várias mães que era difícil, que passaram muito mal, acho que mentalizei demais que a minha seria tranquila e por enquanto tem sido assim. Não passei mal e nem tive enjoos graves. Tenho desejo de frutas cítricas e geladas, água com limão e abacaxi com sal.

– O que achou da repercussão positiva sobre sua decisão?

– O carinho das pessoas tem sido uma grata surpresa. Um presente da vida. Me sentindo muito amada e feliz por meu filho já receber tanta vibração de amor.

– Tem feito exercícios?

– Estou ativa e disposta. Fui liberada para atividades físicas, com moderação e acompanhamento profissional. As aulas de balé fitness foram adaptadas visando o conforto do bebê.

– Como foi a viagem a Maceió? Pretende continuar viajando?

– Quero viajar até quando estiver liberada. Maceió é um lugar que amo, com praias lindas e pessoas gentis. Adoro natureza e a paisagem daqui é um presente aos olhos, alimentando só pensamentos positivos. Viajar para lugares assim faz bem para minha saúde e para essa nova vida. – Sente mudanças no corpo? – Meu corpo está com formas arredondadas, os seios ficaram maiores e incomodam um pouco, os quadris mais largos, menos tônus muscular e cintura, mas essa não é uma preocupação. Curto cada mudança e não vejo a hora de sentir meu bebê mexer.

Tags relacionadas: Karina Bacchi | bebe

Notícia publicada Sex, 3 mar 2017 as 08:03, por Adriana Trujillo.






Mais Notícias de bebe